No YouTube

sexta-feira, 19 de janeiro de 2018

Melhores do ano 2017: 20 discos lançados no Brasil


Giovani Cidreira - Japanese Food

Enfim, falar desse disco sem elogiá-lo do início ao fim é muito difícil. Só resta recomendar aos leitores que ouçam (clique aqui e leia a resenha completa).


Garotas SuecasFuturo do Pretérito

Um dos grandes discos lançado no Brasil em 2017 ao unir boas letras, ótimos arranjos e referências musicais das mais diversas (clique aqui e leia a resenha completa).


Kiko DinucciCortes Curtos

O trabalho de Kiko Dinucci deve figurar facilmente nas listas de melhores do ano. Experimental, coeso à sua maneira e único, esse álbum vem no momento certo. A demora valeu a pena (clique aqui e leia a resenha completa)


BIKEEm Busca da Viagem Eterna

O BIKE entrega um trabalho muito bom, assim como foi o primeiro. Usando as experiências adquiridas nas turnês, nas idas e vindas, eles construíram um disco dos mais legais para ouvir. Porque o ouvinte precisa prestar bastante atenção para sacar as referências e tudo o que eles querem dizer. Para ouvir sem dó por horas seguidas (clique aqui e leia a resenha completa)


Nina Becker - Acrílico

O registro tem uma Nina Becker ainda mais madura do que nos trabalhos anteriores, mostrando como alguém pode seguir melhorando ao estar motivada para fazer coisas novas sem esquecer o tom dos trabalhos mais antigos (clique aqui e leia a resenha completa)


Xênia França - Xênia

A voz de Xênia França já impressiona nos primeiros minutos do disco que leva o primeiro nome. Ao longo dos quase 50 minutos de audição, bate a certeza de que a cantora é capaz de interpretar qualquer gênero sem a menor dificuldade (clique aqui e leia a resenha completa)


NeviltonAdiante

Com suas letras e arranjos simples, Nevilton consegue passar seu recado e falar sobre diversos assuntos sem soar chato ou repetitivo. O pop rock nacional ganha bastante fôlego com esse trabalho, que deveria tocar em vários lugares e ser apresentado para várias pessoas (clique aqui e leia a resenha completa)


Rincon Sapiência - Galanga Livre

Sapiência não utiliza de rimas ou batidas pesadas o tempo inteiro e consegue passar bem sua mensagem sobre preconceito, política e tudo mais que ronda o espectro da sua vivência – e, por consequência, de algumas centenas de milhares de pessoas todos os dias (clique aqui e leia a resenha completa)


Tim BernardesRecomeçar

Os arranjos do álbum são muito acima da média, e Tim Bernardes mostra um talento imenso como compositor.  (clique aqui e leia a resenha completa)


Letrux – Letrux Em Noite de Climão

Não há dúvida de que esse disco de Letrux é um dos melhores lançados neste ano. Cheio de sexualidade, desabafos, cutucadas e mais, Letícia Novaes assumiu essa nova identidade de uma maneira a não deixar dúvidas que ela nunca foi tão ela nesse momento da carreira. E ela superou expectativas (clique aqui e leia a resenha completa)


Confira os outros discos da lista:

Praia FuturoPraia Futuro
Camarones Orquestra GuitarrísticaFeeexta
Felipe SCabeça de Felipe
Laura Petit - Monstera Deliciosa
MagloreTodas as Bandeiras
Bárbara Eugenia & Tatá Aeroplano - Vida Ventureira
Far From AlaskaUnlikely
CuruminBoca
Trupe Chá de BoldoVerso
Nosso Querido FigueiredoJuventude

Siga o blog no Twitter e no Facebook. E compre livros na Amazon e fortaleça o trabalho do blog!

Saiba como ajudar o blog a continuar existindo

Gostou do post? Compartilhe nas redes sociais e indique o blog aos amigos!