No YouTube

terça-feira, 6 de junho de 2017

Dois discos: Laura Petit e Madame Rrose Sélavy

Resenhas curtas de álbuns lançados recentemente no Brasil


Laura Petit - Monstera Deliciosa

Mais um disco brasileiro que entra na categoria 'delicinha de ouvir'. Laura Petit mostra uma força e delicadeza vocais de dar inveja em Monstera Deliciosa – nome científico da costela-de-adão, uma planta. Aliás, uma curiosidade sobre ela: bailarina de origem, faz sua estreia na música com esse álbum. Há vários elementos aqui que se complementam muito bem na sequência da tracklist. Por exemplo, a parte final tem a enigmática "Compressa", a melancólica "Paraíso Menu" e a animada "Pimenteira". Canções variadas que mostram todo potencial da cantora em momentos diferentes. Um bom trabalho dessa nova safra de cantoras que vêm surgindo nos últimos anos.

Nota: 4/5

Veja também:
Dois discos: Paramore e Harry Styles
Dois discos: Vanguart e Lobos de Calla
Dois discos: Body Count e Pulled Apart By Horses
Dois discos: Marcelo Yuka e Biquini Cavadão
Dois discos: Jamiroquai e Goldfrapp
Dois discos: Hurray For The Riff Raff e Brian Jonestown Massacre
Dois discos: Chicano Batman e Grandaddy



Madame Rrose Sélavy - Filhos Dourados do Soul

Logo nos primeiro segundos de "Um Cisco no Olho do Gigante" é possível perceber que o Madame Rrose Sélavy é um primo bem próximo do Cansei de Ser Sexy, só que mais melancólico. O oitavo álbum de estúdio da banda traz letras irônicas e um lado experimental em faixas bem simples. Além da primeira faixa, "Pensava que Era um Surrealista", "Sexo Gastronômico" e "Ninguém" são os destaques do registro. Não é uma disco ou um grupo convencional. É esquisito, na verdade. Mas é aquele esquisito que muita gente pode gostar. O toque experimental das faixas é bom, assim como as letras também. Se você curte esse tipo de música ou deseja conhecer, vale dar uma orelhada.

Nota: 3/5

Saiba como ajudar o blog a continuar existindo

Gostou do post? Compartilhe nas redes sociais e indique o blog aos amigos!