No YouTube

quinta-feira, 19 de janeiro de 2017

Melhores do ano 2016: 50 discos internacionais


Nick Cave and The Bad Seeds Skeleton Tree

Perto dos 60 anos, Nick Cave precisou lhe dar com o pior dos mundos: a morte de filho. E soube transformar isso em um disco desabafo, mas nada piegas ou sentimental em excesso. É o puro desabafo de um homem que ficou sem uma pessoa especial que nunca mais voltará. Certamente, é um dos discos do ano. Porque só Cave conseguiria transformar uma profunda melancolia em música (clique aqui e leia a resenha completa)


Leonard CohenYou Want It Darker

Leonard Cohen entregou um disco brilhante mais uma vez. A capacidade dele em conseguir traduzir certos assuntos e angústias é dessas coisas que só um gênio conseguiria fazer. Tomara que ele seja o próximo músico a levar o Nobel de Literatura, porque ele merece (clique aqui e leia a resenha completa, escrita poucos dias antes de ele morrer)


David BowieBlackstar

Blackstar não tem nada do que Bowie fez, mas faz total sentido. Bowie, muito mais do que qualquer um, é único no que faz mesmo quando se repete. Imagina só quando faz um disco experimental de jazz? Bowie é um gênio, um protagonista que estava em falta. Ainda bem que ele está de volta (clique aqui e leia a resenha completa, escrita dois dias antes de Bowie morrer)


GlitterbustGlitterbust

Não é um disco fácil, mas quem gosta de música experimental tem tudo para adorá-lo. A estreia do Glitterbust pode não atingir um lugar honroso nas paradas, porque é difícil. Nesse caso, o que vale é o tipo de trabalho, muito artístico – exatamente como Kim Gordon gostaria (clique aqui e leia a resenha completa)


Charles BradleyChanges

Changes é um álbum muito bonito, um dos melhores que ouvi neste primeiro semestre. Cheio de boas músicas, o trabalho mostra um Bradley acima da média como cantor. Ele demorou a vir, porém antes tarde do que mais tarde. Que ele siga assim até o fim (clique aqui e leia a resenha completa)


Anoushka ShankarLand Of Gold

Uma história linear, mostrada todos os dias no jornal, ganha uma bela versão instrumental tocada por Anoushka Shankar em seu sitar. Um disco necessário a todos (clique aqui e leia a resenha completa)


PJ HarveyThe Hope Six Demolition Project

Fazer um disco desse tipo não é fácil, porque deve ser difícil encontrar palavras para traduzir certos sentimentos. Mas PJ Harvey consegue fazer isso em The Hope Six Demolition Project, um disco que mistura lições de vida com denúncias sobre a situação de algumas pessoas ao redor do mundo. Um disco mais do que necessário, um disco para nós refletirmos (clique aqui e leia a resenha completa)


Willie Nelson - Summertime: Willie Nelson Sings Gershwin

Só tenho uma coisa a acrescentar: escutem esse disco, pode mudar a vida de vocês para sempre (clique aqui e leia a resenha completa)


BombinoAzel

O disco é maravilhoso, um dos melhores que ouvi no ano. Com uma delicadeza ímpar e cheio de nuances sobre a terra natal de Bombino, esse álbum o coloca como um dos grandes instrumentistas dessa década (clique aqui e leia a resenha completa)


Michael KiwanukaLove & Hate

Sem nem pestanejar: Love & Hate estará em várias listas dos melhores discos do ano. Profundo, sincero, sereno e forte definem esse discaço (clique aqui e leia a resenha completa)


American FootballAmerican Football (LP2)
Joe Driscoll & Sekou KouyateMonistic Theory
Baaba MaalThe Traveller
Federico Albanese - The Blue Hour
Elton JohnWonderful Crazy Night
Mavis StaplesLivin' On A High Note
Bob MouldPatch the Sky
Kaada/PattonBacteria Cult
Anderson .PaakMalibu
Ty SegallEmotional Mugger
Anthony Hamilton What I'm Feelin'
Explosions in the SkyThe Wilderness
RadioheadA Moon Shaped Pool
Eric ClaptonI Still Do
Ba CissokoDjeli
The Claypool Lennon DeliriumMonolith of Phobos
Lake Street DiveSide Pony
Robert EllisRobert Ellis
Richard Bona & Mandekan CubanoHeritage
Joe Bonamassa – Blues of Desperation
Xenia RubinosBlack Terry Cat
Dinosaur Jr.Give a Glimpse of What Yer Not
DeftonesGore
Angel OlsenMy Woman
Teenage FanclubHere
MogwaiAtomic
Bon Iver – 22, A Million
OpethSorceress
Norah JonesDay Breaks
Snarky PuppyCulcha Vulcha
WoodsCity Sun Eater In The River Of Light
Youssou N'Dour – Africa Rekk
A Tribe Called Quest – We Got It from Here... Thank You 4 Your Service
Rolling StonesBlue & Lonesome
Frank OceanBlonde
SolangeA Seat At The Table
SavagesAdore Life
Jesu & Sun Kil MoonJesu/Sun Kil Moon
Nada Surf You Know Who You Are
Rokia TraoréNé So

Gostou do post? Compartilhe nas redes sociais e indique o blog aos amigos!