Resenha: The Smile - A Light for Attracting Attention

Nascido durante a pandemia de COVID-19, o grupo The Smile nasceu da vontade do guitarrista Jonny Greenwood em trabalhar com Thom Yorke fora do Radiohead. Sem projetos da banda em vista, era uma boa oportunidade de a dupla voltar ao estúdio e focar em algo que não a banda mais famosa.

O que era para ser apenas alguns dias virou coisa séria quando o baterista Tom Skinner, do Sons of Kemet, e o produtor Nigel Godrich entraram na jogada. Quando perceberam, tinham canções suficientes para um disco. E como não são iniciantes, começaram a carreira com tudo: uma apresentação surpresa em maio de 2021. Menos de um ano depois, "A Light for Attracting Attention" foi lançado.

Veja também:
Resenha: Black Keys - Dropout Boogie
Resenha: Kendrick Lamar - Mr. Morale and the Big Steppers
Resenha: Belle and Sebastian - A Bit of Previous
Resenha: Sharon Van Etten - We've Been Going About This All Wrong
Resenha: Arcade Fire - We
Resenha: Let's Eat Grandma - Two Ribbons

Estou no Twitter e no Instagram. Ouça o podcast, compre livros na Amazon e fortaleça o trabalho do blog!

Ao abrir com "The Same", o ouvinte é jogado para dentro do clima que a banda inglesa consegue criar nos discos e nas apresentações. Depois da etérea "The Opposite", a agitada "You Will Never Work in Television Again" chega para mostrar que as guitarras ainda vivem e estão bem, obrigado.

Entre climas compostos com Greenwood nos teclados e o vocal "estranho" de Yorke, o trabalho do The Smile é uma mostra da força musical desse trio, quando eles provam sempre ir para frente e experimentar cada vez mais em arranjos dos mais variados tipos — do eletrônico pesado ao rock passando por uma orquestra completa.

As composições vão de música de protesto ("The Smoke") até a poética "A Hairdryer", a melhor do trabalho. Experimental, "Waving a White Flag" encaminha o ouvinte para final com as ótimas "We Don't Know What Tomorrow Brings" e "Skrting on the Surface".

O primeiro álbum do grupo dá para matar a saudade do Radiohead, sem lançar nada há seis anos. Com Greenwood e Yorke inspirados pelas experiências de outros trabalhos, "A Light for Attracting Attention" traz ótimas músicas dessa dupla que, com ajuda de Skinner e Godrich, agita os fãs com músicas e arranjos bem atuais.

Tracklist:

1 - "The Same"
2 - "The Opposite"
3 - "You Will Never Work in Television Again"
4 - "Pana-vision"
5 - "The Smoke"
6 - "Speech Bubbles"
7 - "Thin Thing"
8 - "Open the Floodgates"
9 - "Free in the Knowledge"
10 - "A Hairdryer"
11 - "Waving a White Flag"
12 - "We Don't Know What Tomorrow Brings"
13 - "Skrting on the Surface"

Avaliação: ótimo

Comentários