Mais no blog:

quinta-feira, 22 de outubro de 2020

Duas resenhas: Jónsi e Matt Berninger

Jónsi - "Shiver"

Pouco mais de uma década do lançamento do primeiro álbum da carreira, o vocalista do Sigur Rós soltou o segundo recentemente. "Shiver" começa etéreo, como o som da banda principal, mas depois algumas escolhas dele ficam muito abaixo do esperado e acabam prejudicando muito o andamento do trabalho, que peca por ser irregular e pouco cativante em pouco mais de 50 minutos, com apena a faixa-título como o maior destaque. Esperava um pouco mais.

Avaliação: irregular

Veja também:
Resenha: beabadoobee - Fake It Flowers
Resenha: Sufjan Stevens - The Ascension
Resenha: Drive-By Truckers - The New OK
Resenha: METZ - Atlas Vending
Resenha: Thurston Moore - By the Fire
Resenha: Idles - Ultra Mono

Estou no Twitter e no Facebook e assine o canal no YouTube. Compre livros na Amazon e fortaleça o trabalho do blog!


Matt Berninger - "Serpentine Prison"

O vocalista do The National aproveitou o ano sem compromissos com seu trabalho principal para trabalhar e lançar o primeiro disco solo da carreira. Linear do início ao fim, "Serpentine Prison" mostra um lado musical mais suave do músico, como na canção "One More Second" -- a melhor de todo álbum. Não é uma estreia de encher os olhos, mas é bom ficar de olho no que ele pode fazer a partir disso.

Avaliação: bom

Continue no blog:

Gostou do post? Compartilhe nas redes sociais e indique o blog aos amigos!