Mais do blog:

quarta-feira, 5 de agosto de 2020

Resenha: The Psychedelic Furs - Made of Rain


Imagine só uma banda que emplacou uma década de sucesso, ali entre o início dos anos 1980 até o começo da década seguinte. Essa banda era o Psychedelic Furs que, por vários motivos não explicados diretamente, resolveu interromper as atividades no auge. Mas, com o sucesso de materiais ambientados dos anos 1980 -- como a série "Stranger Things" e o filme "Me Chame Pelo Seu Nome" --, a banda conseguiu chegar aos ouvidos de uma nova geração de fãs.

Quase 30 anos depois do lançamento do último disco de estúdio, "World Outside" (1991), a banda anunciou em julho de 2019 que estava assinando com a gravadora Cooking Vinyl para lançar um novo álbum de inéditas em 2020. E o momento chegou. Na última sexta-feira (31/7), enfim, saiu o disco. Chamado "Made of Rain", é o oitavo da discografia.

Veja também:
Resenha: Fontaines D.C. - A Hero's Death
Dois discos: The Chicks e Ellie Goulding
Dois discos: Courtney Marie Andrews e Lori McKenna
Resenha: The Naked and Famous - Recover
Resenha: Taylor Swift - Folklore
Resenha: Protomartyr - Ultimate Success Today


É inegável que os irmãos Butler, Richard e Tim, sabem envolver o ouvinte em um clima com o uso de efeitos, uma base simples e elementos que fazem a diferença, como o saxofone. As duas primeiras canções de "Made of Rain" cumprem bem esse papel. À medida em que o álbum segue, eles junto com o resto da banda conseguem mostrar que ainda estão em forma e as novas músicas têm boa chance de dar um caldo ao vivo.

Uma banda há tanto tempo sem gravar um trabalho cheio sempre gera bastante ansiedade no retorno. Afinal, quem gosta é sempre pautado pelos sucessos do passado. E quem aprendeu a gostar por conta das músicas nos filmes e nas séries, ouve pela expectativa e curiosidade em ver se vem alguma coisa parecida com aquele hit.

"Made of Rain" não é nada disso. Não é ruim, mas ainda soa como se o Psychedelic Furs ainda estivesse colocando um dedo do pé de cada vez para saber se pode entrar de cabeça ou não. Só um próximo disco, se vier, para descobrirmos qual é a deles.

Tracklist:

1 - "The Boy That Invented Rock & Roll"
2 - "Don't Believe"
3 - "You'll Be Mine"
4 - "Wrong Train"
5 - "This'll Never Be Like Love"
6 - "Ash Wednesday"
7 - "Come All Ye Faithful"
8 - "No-One"
9 - "Tiny Hands"
10 - "Hide the Medicine"
11 - "Turn Your Back on Me"
12 - "Stars"

Avaliação: bom



Continue no blog:



Siga o blog no Twitter e no Facebook e assine o canal no YouTube. Compre livros na Amazon e fortaleça o trabalho do blog!

Gostou do post? Compartilhe nas redes sociais e indique o blog aos amigos!