Mais do blog:

terça-feira, 16 de junho de 2020

Resenha: Built to Spill - Built to Spill Plays the Songs of Daniel Johnston


Os veteranos do Built to Spill começaram a carreira no início dos anos 1990 e emendaram quatro álbuns de estúdio entre 1993 e 1999. Depois, a produção ficou um tanto mais espaçada, tanto é que foram quatro novos trabalhos em 15 anos -- o último é "Untethered Moon" (2015).

E a banda vai completar mais algum tempo sem um disco de inéditas, já que o novo lançamento é uma homenagem ao compositor Daniel Johnston, morto em setembro de 2019. Johnston teve uma série de internações em clínica psiquiátricas ao longo da vida até descobrir a esquizofrenia, que não o impediu de ser um compositor elogiado pelo pequeno e fiel público e também pela crítica. A morte dele aos 58 rendeu diversas homenagens nos dias seguintes, muitas delas bem comoventes.

Veja também:
Resenha: Norah Jones - Pick Me Up Off the Floor
Resenha: Rolling Blackouts Coastal Fever - Sideways to New Italy
Resenha: Run The Jewels - RTJ4
Resenha: Muzz - Muzz
Resenha: Mahmundi - Mundo Novo
Resenha: Deerhoof - Future Teenage Cave Artists


Uma delas é justamente esse disco do Built to Spill, nono trabalho em estúdio. É incrível o trabalho feito aqui ao longo de pouco mais de 34 minutos de duração. É como se a banda americana não tomasse para si as músicas, mas funciona como se eles fossem os compositores originais. Ao escrever sobre temas universais, é verdade Johnston deu uma boa facilitada no processo, claro.

A questão é o trabalho de adaptação feito para ficar bom a esse ponto. Tão bom que é praticamente impossível de desligar ou parar de ouvir. É desses discos para ouvir ao acordar, no café da manhã, no almoço, no café da tarde, no banho, no jantar e antes de ir dormir. É difícil destacar apenas uma música, então o melhor a fazer é recomendar ouvir o álbum inteiro do início ao fim.

"Built to Spill Plays the Songs of Daniel Johnston" não serve para comparar com o trabalho original, já que isso é impossível. Serve para mostrar que Daniel Johnston foi um compositor bastante subestimado ao longo da vida. O Built to Spill apenas joga luz em um trabalho que sempre esteve ali, só faltava alguma coisa a mais para chegar em mais pessoas. Tomara que chegue.

Tracklist:

1 - "Bloody Rainbow"
2 - "Tell Me Now"
3 - "Honey I Sure Miss You"
4 - "Good Morning You"
5 - "Heart, Mind and Soul"
6 - "Life In Vain"
7 - "Mountain Top"
8 - "Queenie The Dog"
9 - "Impossible Love"
10 - "Fake Records of Rock & Roll"
11 - "Fish"

Avaliação: ótimo



Continue no blog:



Siga o blog no Twitter e no Facebook e assine o canal no YouTube. Compre livros na Amazon e fortaleça o trabalho do blog!

Gostou do post? Compartilhe nas redes sociais e indique o blog aos amigos!