Mais no blog:

quinta-feira, 7 de maio de 2020

Resenha: Car Seat Headrest - Making a Door Less Open


Capitaneado por Will Toledo, o Car Seat Headrest é uma banda muito produtiva nos últimos anos. São 12 discos de estúdio em dez anos, isso já incluindo o mais novo trabalho chamado "Making a Door Less Open", disponibilizado recentemente nos formatos físico e digital. E esse novo trabalho pode ser certo ponto de virada no material do grupo a partir de agora.

A discografia do grupo é marcada por ser uma mistura de indie moderno, com boa influência das bandas do início dos anos 2000, com lo-fi. O álbum novo em folha traz mais experimentações, um tanto mais ousada. As duas primeiras faixas mostram logo isso ao mostrar uma pegada muito mais eletrônica, uma espécie de Hot Chip mais pesado.

Veja também:
Dois discos: Hot Country Knights e Other Lives
Resenha: Damien Jurado - What's New, Tomboy?
Resenha: Ed O'Brien - Earth
Dois discos: Baxter Dury e Laumé
Dois discos: Dua Lipa e Rina Sawayama
Dois discos: Djonga e Cícero


E como é bem mostrado em "Deadlines (Hostile)", há uma clara influência de Strokes nessa faixa. Aliás, é tão clara que beira a homenagem explícita. Então os rumos mudam completamente em "Hollywood", essa completamente experimental, cheia de guitarras altas e um vocal gritado e quase descontrolado. Aqui, principalmente em "Hymn (Remix)", a banda reafirma o desejo de ir um tanto mais além do trabalho feito anteriormente ao longo dos anos.

A parte final do álbum aponta caminhos na música eletrônica ("Deadlines (Thoughtful)"), em baladas no violão ("What's With You Lately"), baladas sem violão ("Life Worth Missing" e "There Must Be More Than Blood").

Mudar é fundamental na vida, afinal não somos a mesma pessoa de dez anos atrás e muito menos seremos a mesma dez anos a frente. Saber mudar é importante para, com o tempo, entender como se encaixar melhor suas necessidades ao longo dessa imensa jornada chamada vida. Car Seat Headrest atira para todos os lados nesse novo trabalho, ainda tateando onde deseja chegar. Tomara que consiga, pois potencial não falta.

Tracklist:

1 - "Weightlifters"
2 - "Can't Cool Me Down"
3 - "Deadlines (Hostile)"
4 - "Hollywood"
5 - "Hymn (Remix)"
6 - "Martin"
7 - "Deadlines (Thoughtful)"
8 - "What's With You Lately"
9 - "Life Worth Missing"
10 - "There Must Be More Than Blood"
11 - "Famous"

Avaliação: bom



Continue no blog:



Siga o blog no Twitter e no Facebook e assine o canal no YouTube. Compre livros na Amazon e fortaleça o trabalho do blog!

Gostou do post? Compartilhe nas redes sociais e indique o blog aos amigos!