Mais do blog:

terça-feira, 10 de março de 2020

Dois discos: Soccer Mommy e Anna Calvi


Soccer Mommy - "Color Theory"

Nome do projeto musical de Sophia Allison, 22, a Soccer Mommy está no quarto trabalho de estúdio, o segundo cheio, em "Color Theory". Basicamente, ela e o produtor Gabe Wax tocam a maior parte dos instrumentos e contam com alguns convidados para ajudá-los no estúdio e nas turnês, como no caso do guitarrista Julian Powell. O álbum é formado por canções de arranjo delicados e extremamente profundas do ponto de vista emocional. A bonita e tocante "yellow is the color of her eyes" é sobre a doença que a mãe de Allison sofre e "lucy", sobre como os demônios do dia-a-dia acabam com nossas vidas de várias formas são os destaques de um álbum muito bom, bonito e necessário como forma de desabafo. Pode tocar seu coração, caso você deixe.

Avaliação: muito bom

Veja também:
Resenha: Stephen Malkmus - Traditional Techniques
Resenha: Nada Surf - Never Not Together
Resenha: Lee Ranaldo and Raül Refree - Names of North End Women
Resenha: Real Estate - The Main Thing
Resenha: Greg Dulli - Random Desire
Resenha: Ozzy Osbourne - Ordinary Man



Anna Calvi - "Hunted"

Imaginem só: uma cantora lança um disco de estúdio só com músicas inéditas e, dois anos depois, ela relança parte do trabalho com outro nome e outros arranjos para as músicas. Pois foi o que fez Anna Calvi em "Hunted", quarto trabalho da carreira dela. Diferente de "Hunter", um dos melhores trabalhos lançados em 2018, a cantora aposta em arranjos mais minimalistas aqui, como se também quisesse apresentar o álbum em lugares pequenos em um show mais curto e com poucos elementos musicais. Julia Holter, Charlotte Gainsbourg, Courtnet Barnett e a banda IDLES dão um toque bem especial ao curto, porém tocante álbum.

Avaliação: muito bom

Continue no blog:



Siga o blog no Twitter e no Facebook e assine o canal no YouTube. Compre livros na Amazon e fortaleça o trabalho do blog!

Gostou do post? Compartilhe nas redes sociais e indique o blog aos amigos!