Mais do blog:

terça-feira, 31 de março de 2020

Dois discos: Ásgeir e Anti-Flag


Ásgeir - "Bury the Moon"

Ásgeir é um dos muitos músicos da cena islandesa de música surgidos no início da segunda década dos anos 2000, quando uma geração incrível de bandas apareceu no cenários internacional. Bury the Moon" é o quarto disco da carreira dele, que também faz parte da banda The Lovely Lion. Como acontece com muitas bandas locais, as músicas são um reflexo do lugar onde moram. Em resumo: são faixas delicadas, de arranjo bem leve e tom intimista o tempo inteiro. O trabalho é bom, mas pode cansar e soar repetitivo para quem não gosta.

Avaliação: bom

Veja também:
Resenha: Pearl Jam - Gigaton
Resenha: Morrissey - I Am Not a Dog on a Chain
Dois discos: Tony Allen and Hugh Masekela e Aoife Nessa Frances
Resenha: Childish Gambino - 3.15.20
Resenha: Låpsley - Through Water
Resenha: Deap Lips - Deap Lips



Anti-Flag - "20/20 Vision"

Eu e o Anti-Flag temos uma coisa em comum: ambos nascemos em 1988. Ao longo desses mais de 30 anos, a banda seguiu firme em suas convicções favoráveis aos direitos humanos e às causas de esquerda de maneira geral. E não é agora que eles vão abandonar isso, certo? A banda continua criticando o que sempre criticou de maneira voraz em "20/20 Vision", usando uma base simples em todas as faixas e o tom de otimismo persiste, mesmo com todos os problemas. Segue sendo uma banda que entrega exatamente o que os fãs querem ouvir deles e está tudo bem.

Avaliação: bom

Continue no blog:



Siga o blog no Twitter e no Facebook e assine o canal no YouTube. Compre livros na Amazon e fortaleça o trabalho do blog!

Gostou do post? Compartilhe nas redes sociais e indique o blog aos amigos!