Mais do blog:

quarta-feira, 19 de fevereiro de 2020

Dois discos: Wolf Parade e Black Lips


Wolf Parade - "Thin Mind"

Banda canadense, o Wolf Parade conseguiu razoável sucesso no meio dos anos 2000. Entre 2005 e 2010 foram três discos de estúdio até uma pausa de seis anos, voltando a lançar material inédito apenas em "Cry Cry Cry" (2017). Pois a banda parece ter voltado à forma em "Thin Mind", quinto trabalho da discografia. É tipo de álbum que vai satisfazer o indie velho e o indie novo. Tem muita modernidade aqui para atrair um novo público, mas tem muito daquele tipo de música dançante/melancólica que machucou os corações adolescentes há mais de uma década. O resultado é surpreendentemente positivo.

Avaliação: muito bom

Veja também:
Resenha: Tame Impala - The Slow Rush
Dois discos: ...And You Will Know Us by the Trail of Dead e Rose City Band
Resenha: Sepultura - Quadra
Dois discos: Poliça e Drive-By Truckers
Resenha: Green Day - Father of All...
Resenha: Kiko Dinucci - Rastilho



Black Lips - "Sing in a World That’s Falling Apart"

Não tem como não achar o Black Lips uma banda das mais divertidas. Desta vez, o grupo liderado pelo guitarrista Cole Alexander e o baixista Jared Swilley lançou um disco... country. Não sei o que eles quiseram com isso, mas foi uma ideia brilhante. Em uma mistura de Lynyrd Skynyrd, Allman Brothers Band, Drive-By Truckers Guided By Voices e Rolling Stones, "Sing in a World That’s Falling Apart" apresenta um lado desconhecido e ainda mais legal deles. É o tipo de álbum que dá para ouvir por horas e horas sem parar.

Avaliação: muito bom

Continue no blog:



Siga o blog no Twitter e no Facebook e assine o canal no YouTube. Compre livros na Amazon e fortaleça o trabalho do blog!

Gostou do post? Compartilhe nas redes sociais e indique o blog aos amigos!