Mais do blog:

sexta-feira, 19 de julho de 2019

3 Dicas da Júlia: Séries documentais disponíveis na Netflix


Mais um post da Júlia Gavillan aqui no blog, agora indicando três séries documentais disponíveis na Netflix. O que acharam? Ela está no Twitter e no YouTube.

Veja também:
3 Dicas da Júlia: Filmes do Studio Ghibli
3 Dicas da Júlia: Filmes da Pixar
3 Dicas da Júlia: Séries baseadas em fatos reais
3 Dicas da Júlia: Músicas marcantes em filmes
3 Dicas da Júlia: Filmes que completam 20 anos em 2019
3 Dicas da Júlia: Filmes protagonizados por cantores ou cantoras

"Five Came Back"

"Five Came Back" basicamente junta duas coisas que amo em um único material: cinema e história. Dividida em três episódios narrados por Meryl Streep, a série explora as ações de cinco cineastas que deixaram Hollywood para servir na Segunda Guerra Mundial. John Ford, William Wyler, John Huston, Frank Capra e George Stevens se alistaram no exército dos EUA e usaram suas habilidades cinematográficas para propaganda de guerra. Essas imagens serviram tanto para soldados, como para o público, entre os anos de 1941 e 1945.

Escrita por Mark Harris e baseada no seu próprio livro, este fantástico material junta incríveis imagens do tempo de cada cineasta nesse período, informações históricas, impressionantes entrevistas de arquivo com cada um deles e comentários dos "cineastas modernos" Steven Spielberg, Francis Ford Coppola, Paul Greengrass, Guillermo del Toro e Lawrence Kasdan. Cada um desses realizadores exploram os pontos que fizeram se identificar ou gostar tanto dos cineastas abordados na série.

É impressionante ver como o trabalho desses diretores na guerra influenciou a forma como os "cineastas modernos" contam suas próprias histórias. "Five Came Back" é um material riquíssimo que recebeu uma montagem extremamente atraente e envolvente. Uma das melhores séries documentais que já vi.





"Cooked"

Falando em melhores coisas que já vi, "Cooked" mudou significativamente a minha vida e, principalmente, a forma como vejo a comida. Baseado no livro homônimo de Michael Pollan, esse documentário dividido em quatro partes vai além de um produção sobre comida. Cada episódio foca em quatro pontos primordiais: fogo, água, ar e terra, se preocupando em retratar como diferentes culturas da culinária lidaram com esses quatro elementos e como a forma de comer contribuiu para a criação e transformação de diferentes povos. Então, "Cooked" se aprofunda na nossa história para falar sobre nossos hábitos alimentares atuais e dar um belo puxão de orelha no fato de termos perdido o respeito pela comida.




"A Guerra do Vietnã: Um filme de Ken Burns e Lynn Novick"

A primeira guerra televisionada também ganhou uma série extremamente completa e necessária. Hollywood fez uma quantidade insana de filmes sobre a própria guerra e os veteranos do Vietnã, principalmente explorando a imagem de "xerifes do mundo livre". Hoje em dia, já sabemos que as coisas não aconteceram exatamente assim.

Produzida pela rede pública americana PBS e disponível na íntegra na Netflix, "A Guerra do Vietnã: Um filme de Ken Burns e Lynn Novick" é um documentário épico dividido em dez partes com quase duas horas cada. Sim, você leu certo, DEZ PARTES DE DUAS HORAS CADA. Vai te cansar e vai ter perturbar em diversos momentos, mas essa obra prima em forma de documentário precisa ser vista. Burns é um dos documentaristas mais importantes dos EUA e suas produções focam em histórias americanas, especialmente sobre heróis não convencionais ou uma noção mais realista de heroísmo.

O que torna esse material tão fascinante - e gigante! - é preocupação de abordar todos os lados desse conflito desde o começo, contando com comentários de jornalistas e soldados que foram para o Vietnã em épocas e campanhas diferentes, funcionários do governo em diferentes níveis, e as famílias que perderem seus parentes na guerra. Mas além de mostrar o lado americano, o documentário também foca no lado vietnamita com comentários de civis e combatentes do Vietnã do Sul e do Norte, além dos vietcongues. Em nenhum momento existe um favorecimento pró-americano ou uma tentativa de corrigir ou justificar os erros do passado. "A Guerra do Vietnã" é uma aula de documentarismo, mas, principalmente, um estudo para tentar compreender os erros do passado e não repeti-los.

Clique aqui e ouça a trilha sonora.



Siga o blog no Twitter e no Facebook e assine o canal no YouTube. Compre livros na Amazon e fortaleça o trabalho do blog!

Saiba como ajudar o blog a continuar existindo

Gostou do post? Compartilhe nas redes sociais e indique o blog aos amigos!

Continue no blog: