No YouTube

quarta-feira, 2 de março de 2016

Resenha: School Of Seven Bells – SVIIB


Novo trabalho do grupo encerra as atividades

O fim do School Of Seven Bells já era esperado. Sem dois dos membros originais, ficou difícil tocar a banda apenas com Alejandra Deheza do trio que fez sucesso. Muito mais do que o encerramento das atividades, SVIIB é uma homenagem a Benjamin Curtis, morto em 2013 em consequência de um linfoma.

Para quem gosta de música eletrônica indie atual, "Ablaze" é uma boa pedida. Nem rápida o suficiente para ser um ‘baladão’, nem lenta para ser Lana Del Rey, ela está na medida certa para abrir bem o álbum. Segunda canção, "On My Heart" é bem mais serena e ajuda a criar um clima para sequência da audição do disco – é até boa e funciona.

A simples "Open Your Eyes" funciona bem dentro da proposta dela, já "A Thousand Times More" é a mais pop e é a que mais agrada por não ser de difícil assimilação, diferente das outras em que demora um pouco mais para entendê-la. Enquanto "Elias" é maçante e bem enfadonha, "Signals" é longa e sonolenta. Uma sequência de músicas ruins que atrapalha o andamento do álbum.

"Music Takes Me" e "Confusion" são bem esquecíveis, muito por soar igual a muitas outras feitas nos últimos anos, então acaba soando uma triste repetição de fórmulas batidas que pouco acrescenta na discografia da banda como um todo, não fazendo diferença se está ou não presente. Pule as duas, se possível.

"This Is Our Tim” fecha o trabalho sem animar muito, bem diferente do início até empolgante e esperançoso. No fim das contas, a despedida é difícil, mas não precisava ser tão irregular. A banda merecia mais para fechar sua trajetória, uma pena que tenha sido assim.

Tracklist:

1 - "Ablaze"
2 - "On My Heart"
3 - "Open Your Eyes"
4 - "A Thousand Times More"
5 - "Elias"
6 - "Signals"
7 - "Music Takes Me"
8 - "Confusion"
9 - "This Is Our Tim”

Nota: 2,5/5



Veja também:
Resenha: Yuck – Stranger Things
Resenha: Batushka – Litourgiya (2015)
Resenha: Animal Collective – Painting With
Resenha: Wolfmother – Victorious
Resenha: Bloc Party – Hymns
Resenha: Kanye West – The Life of Pablo
Resenha: Nevermen – Nevermen

Gostou do conteúdo? Compartilhe nas redes sociais! Isso ajuda pra caramba o blog a crescer e ter a chance de produzir mais coisas bacanas.