terça-feira, 23 de novembro de 2021

Resenha: Courtney Barnett - Things Take Time, Take Time


Da nova leva de artista surgida nos últimos dez anos, Courtney Barnett rapidamente saiu de promessa para realidade ainda no primeiro álbum, chamado "Sometimes I Sit and Think, and Sometimes I Just Sit", lançado em 2015. A partir dele, a guitarrista cativou o público com o segundo trabalho, "Tell Me How You Really Feel", na parceria com Kurt Vile e em outros projetos, singles, coletâneas e diversos trabalhos.

Agora ela volta com um novo disco solo, que abre com "Rae Street", canção escrita durante a pandemia e mostra a perspectiva da cantora sobre a vida dela e dos amigos no período. O clima melancólico do arranjo coloca o ouvinte quase na cabeça da cantora, um início e tanto.

Veja também:
Resenha: Silk Sonic - An Evening with Silk Sonic
Resenha: Damon Albarn - The Nearer the Fountain, More Pure the Stream Flows
Resenha: Snail Mail - Valentine
Resenha: ABBA - Voyage
Resenha: The War on Drugs - I Don't Live Here Anymore
Resenha: Elton John - The Lockdown Sessions

Estou no Twitter e no Instagram. Ouça o podcast, compre livros na Amazon e fortaleça o trabalho do blog!

A partir disso, ela segue com canções e arranjos simples para falar sobre pequenos momentos que mudam a vida das pessoas ("Sunfair Sundown") ou como a simplicidade é algo fundamental ("Here's the Thing"), mas é na deliciosa "Before You Gotta Go" em que ela mostra como é possível fazer uma ótima canção usando pouquíssimos elementos.

Barnett parte para o experimental em "Turning Green", momento em que também mostra habilidade para reconstruir uma canção fadada a ficar guardada por anos até acontecer algo. Outra canção acima da média é "If I Don't Hear from You Tonight" que, com o refrão fácil, ganha o ouvinte muito fácil.

Aos 34 anos, Courtney Barnett reflete sobre a vida em "Things Take Time, Take Time" em canções como "Write a List of Things to Look Forward To" e em "Oh the Night", o encerramento do disco. Ao mesmo tempo em que experimenta um pouco, ela segue fazendo o simples. E isso é suficiente para fazer da curta discografia dela algo muito agradável para ouvir.

Tracklist:

1 - "Rae Street"
2 - "Sunfair Sundown"
3 - "Here's the Thing"
4 - "Before You Gotta Go"
5 - "Turning Green"
6 - "Take It Day by Day"
7 - "If I Don't Hear from You Tonight"
8 - "Write a List of Things to Look Forward To"
9 - "Splendour"
10 - "Oh the Night"

Avaliação: muito bom

Continue no blog: