Mais no blog:

terça-feira, 31 de agosto de 2021

Resenha: Halsey - If I Can't Have Love, I Want Power


Quando Halsey estava nascendo, em 29 de setembro de 1994, o Nine Inch Nails havia lançado "The Downward Spiral" seis meses antes. O segundo disco cheio da carreira do grupo liderado por Trent Reznor demorou cinco anos para sair, mas, quando saiu, foi um estouro. No período em que a banda partia rumo ao estrelato, Reznor ficou por um fio de não estar mais entre nós por diversos problemas com álcool e drogas.

Quis o destino que Reznor e Halsey se unissem quase três décadas depois. O músico, ao lado do inseparável companheiro de banda e de trilha sonora Atticus Ross, é produtor do novo disco da cantora. E não dá para dizer que "If I Can't Have Love, I Want Power" não tem a mão pesada deles. Porque tem. E muita.

Veja também:
Resenha: Villagers - Fever Dreams
Resenha: Deafheaven - Infinite Granite
Resenha: Lorde - Solar Power
Resenha: Mdou Moctar - Afrique Victime
Duas resenhas: Lingua Ignota e Koleżanka
Resenha: The Killers - Pressure Machine

Estou no Twitter e no Instagram. Ouça o podcast, compre livros na Amazon e fortaleça o trabalho do blog!

Mas só existe tanta influência da produção dos dois no trabalho pelo enorme potencial das canções em todos os aspectos. Produtor não é milagreiro e, de maneira geral, consegue melhorar algo bom nas mãos. A cantora aborda os temas, de vida, fama, feminismo e outros, de maneira muito direta. A produção entra com a mão pesada para reforçar o discurso em uma união muito boa.

É possível destacar a pancada sonora "Easier than Lying", "Girl Is a Gun", "You Asked for This" e "1121" como as melhores de um álbum em que a união de três pessoas conseguiu fazer de "If I Can't Have Love, I Want Power" um dos melhores discos deste segundo semestre de 2021.

Halsey poderia ter escolhido qualquer um para ser o produtor do novo disco, mas optou pela dupla que realmente fez a diferença. É possível ouvir a influência deles ao longo de quase 45 minutos, mas não seria nada se o material não fosse acima da média.

Tracklist:

1 - "The Tradition"
2 - "Bells in Santa Fe"
3 - "Easier than Lying"
4 - "Lilith"
5 - "Girl Is a Gun"
6 - "You Asked for This"
7 - "Darling"
8 - "1121"
9 - "Honey"
10 - "Whispers"
11 - "I Am Not a Woman, I'm a God"
12 - "The Lighthouse"
13 - "Ya'aburnee"

Avaliação: ótimo

Continue no blog: