Mais no blog:

terça-feira, 23 de fevereiro de 2021

Resenha: Mogwai - As The Love Continues


Apaixonar-se por uma banda é algo corriqueiro na vida de qualquer um que goste de música ao longo de toda vida. Em alguns casos, essa banda é o Mogwai, que vem entregando ótimos discos -- sendo os mais recentes "Rave Tapes" (2014) e "Every Country’s Sun" (2017). Quatro anos após o último álbum de inéditas, incluindo aí uma trilha sonora pelo caminho, os escoceses acabam de disponibilizar "As The Love Continues", o novo e apaixonante álbum da banda.

O trabalho abre com duas boas canções instrumentais, "To The Bin My Friend, Tonight We Vacate Earth" e "Here We, Here We, Here We Go Forever", mostrando todo potencial da banda em construir um bom clima para o ouvinte seguir na audição. Mas é em "Dry Fantasy", também instrumental, que o trabalho começa a andar em uma faixa muito melancólica e muito bonita.

Veja também:
Duas resenhas: Clap Your Hands Say Yeah e Rat Columns
Resenha: BaianaSystem - Navio Pirata
Resenha: John Carpenter - Lost Themes III: Alive After Death
Resenha: Arlo Parks - Collapsed in Sunbeams
Resenha: Foo Fighters - Medicine At Midnight
Duas resenhas: Lia Ices e Rats On Rafts

Gostou do post? Compartilhe nas redes sociais e indique o blog aos amigos!

Estou no Twitter e assine o canal no YouTube. Compre livros na Amazon e fortaleça o trabalho do blog!

A primeira canção com letra é "Ritchie Sacramento", uma piada interna da banda sobre um dos integrantes ter entendido errado o nome do compositor Ryuichi Sakamoto -- é outra faixa muito bonita, com destaque para o uso de diversos efeitos. O que pode deixar o disco um pouco enfadonho é a duração de algumas faixas, como o caso de "Drive The Nail" e seus pouco mais de sete minutos. Um pouco mais curta e seria melhor.

A partir da segunda metade, "As The Love Continues" já não encanta mais como em quase toda primeira e tudo começa a ficar bastante repetitivo e até um pouco cansativo. O que ainda se salva são os momentos grandiosos, casos de "Midnight Flit", "Pat Stains" e "Supposedly, We Were Nightmares". Por fim, o disco acaba tendo um grande momento no final com a bonita "It's What I Want To Do, Mum".

O novo disco do Mogwai é um pouco abaixo dos anteriores, mas a banda ainda mostra força no repertório ao conseguir ter seus grandes momentos. No fim das contas, eles conseguiram ter músicas boas o suficiente para incrementar ainda mais as apresentações pós-pandemia do novo coronavírus.

Tracklist:

1 - "To The Bin My Friend, Tonight We Vacate Earth"
2 - "Here We, Here We, Here We Go Forever"
3 - "Dry Fantasy"
4 - "Ritchie Sacramento"
5 - "Drive The Nail"
6 - "Fuck Off Money"
7 - "Ceiling Granny"
8 - "Midnight Flit"
9 - "Pat Stains"
10 - "Supposedly, We Were Nightmares"
11 - "It's What I Want To Do, Mum"

Avaliação: bom

Continue no blog: