No YouTube

terça-feira, 4 de outubro de 2016

Resenha: Bon Iver - 22, A Million


É o primeiro disco do cantor em cinco anos

Olhando em perspectiva, o último álbum de Bon Iver, chamado Bon Iver, Bon Iver (2011), traz uma sonoridade leve e interessante – principalmente por ser bem construída do início ao fim. Ao ouvir o primeiro single de 22, A Million, primeiro em muito tempo, o espanto foi grande pela mudança drástica de rumo, mas não surpreendente pelo que ele vinha fazendo nos últimos anos em outros projetos.

Apesar de a música alternativa ser um caminho interessante, é difícil não ficar espantado com a mudança brusca de direção dada por Justin Vernon aqui. Um exemplo muito claro da possível nova pretensão é "22 (OVER S∞∞N)", que fica variando entre o Bon Iver do passado e o do futuro. Se quem achou a primeira estranha, "10 d E A T h b R E a s T ⚄ ⚄" é ainda mais, principalmente pelos efeitos carregados ao longo de quase dois minutos e meio.

Veja também:
Resenha: Regina Spektor – Remember Us to Life
Resenha: Devendra Banhart - Ape in Pink Marble
Resenha: The Baggios – Brutown
Resenha: Pixies – Head Carrier
Resenha: Bastille – Wild World
Resenha: M.I.A. - AIM
Resenha: Macy Gray – Stripped

Se "715 - CRΣΣKS" mergulha ainda mais no experimentalismo, "33 “GOD”" mescla mais esse caminho ao optar pelo meio termo. O destaque da faixa vai para a construção melódica perto do final, soando um gospel eletrônico de prestar mais atenção se ele seguirá nessa pegada nos próximos álbuns. Mostrando como pode ir de um lado para o outro sem comprometer a qualidade, "29 #Strafford APTS" poderia estar no disco anterior, enquanto "666 ʇ" trabalha mais o lado eletrônico com outros instrumentos musicais.

Usando o artifício de emendar duas canções em uma, "21 M♢♢N WATER" funciona como o início mais pesado e dramático. Logo depois vem "8 (circle)", mais melódica e, de longe, a com mais chance de estourar como single deste trabalho por ser a mais radiofônica de todas – também é a menos estranha, digamos. A melancólica "____45_____" é outra que explora vários lados sem definir o que é. E, por fim, a balada no piano "00000 Million" encerra mostrando um cantor disposto a falar sobre existência, mudança, vida e morte.

A guinada musical na carreira de Bom Iver é muito interessante. Não para tocar no rádio, claro, mas para explorar caminhos, estéticas, conceitos e melodias. Ainda que as letras tragam o pesado teor de uma depressão recente, as escolhas melódicas fascinam mais ao longo dos pouco mais de 34 minutos de audição. Vale dar uma boa orelhada.

Tracklist:

1 - "22 (OVER S∞∞N)"
2 - "10 d E A T h b R E a s T ⚄ ⚄"
3 - "715 - CRΣΣKS"
4 - "33 “GOD”"
5 - "29 #Strafford APTS"
6 - "666 ʇ"
7 - "21 M♢♢N WATER"
8 - "8 (circle)"
9 - "____45_____"
10 - "00000 Million"

Nota: 4/5



Gostou do post? Compartilhe nas redes sociais e indique o blog aos amigos!




Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...