Mais no blog:

quinta-feira, 1 de julho de 2021

Resenha: King Gizzard and the Lizard Wizard - Butterfly 3000


Os lançamentos do King Gizzard & the Lizard Wizard viraram uma espécie de evento. Isso mesmo, porque caba álbum vem com a seguinte pergunta embutida: o que o grupo liderado por Stu Mackenzie vai apresentar dessa vez? Qual será o repertório? "Butterfly 3000", 18º álbum de estúdio, chega para responder a essas e outras dúvidas.

O disco parte para um pop psicodélico, um pouco mais leve do que os trabalhos anteriores. O começo com as ótimas "Yours" e "Shanghai" consegue manter o ouvinte atento e curioso para saber o desenrolar. Uma dessas coisas é o fato de ser uma peça única, feita para ouvir do início ao fim -- dá para ouvir as músicas separadas, mas tudo junto é mais legal.

Veja também:
Resenha: Kings of Convenience - Peace of Me
Resenha: Garbage - No Gods No Masters
Duas resenhas: Japanese Breakfast e Crowded House
Duas resenhas: Wolf Alice e Liz Phair
Resenha: Billy Gibbons - Hardware
Duas resenhas: Olivia Rodrigo e Lou Barlow

Estou no Twitter e no Instagram. Ouça o podcast, compre livros na Amazon e fortaleça o trabalho do blog!

A sequência de ótimas músicas da abertura termina com "Dreams", uma faixa grudenta e feita para fazer os fãs curtirem bastante durante as apresentações pelo lado psicodélico, já o lado pop ganha muito com a animada "Interior People". O lado estranho retorna com tudo na ótima "Catching Smoke", essa mais dançante, cheia de efeitos e refrão fácil.

Aliás, as letras são demais. É um ponto dos mais interessantes. Porque, pelo ritmo em lançar vários discos e músicas em sequência, é algo quase certo para dar errado. Mas não, ao contrário, eles parecem cada vez melhores e mais afiados nas composições.

A parte final do álbum mistura mais esses elementos, com o lado psicodélico ganhando por uma pequena diferença. Segundo disco lançado nesse ano, "Butterfly 3000" é outro trabalho muito acima da média do King Gizzard & the Lizard Wizard, provando ser a melhor banda para acompanhar no momento. O que não é pouco.

Tracklist:

1 - "Yours"
2 - "Shanghai"
3 - "Dreams"
4 - "Blue Morpho"
5 - "Interior People"
6 - "Catching Smoke"
7 - "2.02 Killer Year"
8 - "Black Hot Soup"
9 - "Ya Love"
10 - "Butterfly 3000"

Avaliação: muito bom

Continue no blog: