Mais no blog:

quarta-feira, 30 de junho de 2021

Resenha: Kings of Convenience - Peace of Me


Erlend Øye e Eirik Glambek Bøe têm nome de dupla de ataque de algum time norueguês que disputa a Liga Europa, mas eles formam o Kings of Convenience. A dupla estava há 12 anos sem lançar um disco de inéditas ou qualquer coisa nova, mas isso mudou quando eles, surpreendentemente, anunciaram o retorno. "Peace of Me" é o primeiro álbum desde "Declaration of Dependence" (2009).

O repertório do novo álbum não foge em nada com o feito nos discos anteriores. É tudo muito leve, com arranjos bonitos e aquele tom de melancolia reflexivo que faz o ouvinte entrada de cabeça no trabalho por quase 40 minutos. A primeira faixa é a bonita "Rumours", seguida pela agradável "Rocky Trail". Aliás, o disco todo é muito agradável de escutar. É desses bons de dar o play e deixar rolando o dia inteiro.

Veja também:
Resenha: Garbage - No Gods No Masters
Duas resenhas: Japanese Breakfast e Crowded House
Duas resenhas: Wolf Alice e Liz Phair
Resenha: Billy Gibbons - Hardware
Duas resenhas: Olivia Rodrigo e Lou Barlow
Duas resenhas: Blackberry Smoke e Chrissie Hynde

Estou no Twitter e no Instagram. Ouça o podcast, compre livros na Amazon e fortaleça o trabalho do blog!

O primeiro destaque vai para a "Angel" e o tom parecido com bossa nova que eles imprimem em pouco mais de três minutos. E só melhora quando surge a primeira de duas canções em parceria com Feist. A cantora canadense abrilhanta as coisas na melancólica e sem refrão "Love Is a Lonely Thing" ("Love, to you, is given, love is gifted you / No love can be taken, that love is not true").

"Ask for Help" é outra canção que merece atenção. O bonito arranjo ajuda muito a entender a letra, enquanto "Catholic Country" tem em Feist um trunfo. E ainda tem "Song About It", outra bonita balada no violão.

"Peace of Me" é um álbum muito simples em tudo, mas ganha muitos pontos no capricho em que tudo é feito. Mais de uma década depois do último álbum, a dupla retorna com um trabalho bastante sólido e bonito, suficiente para o retorno deles ser uma ótima notícia.

Tracklist:

1 - "Rumours"
2 - "Rocky Trail"
3 - "Comb My Hair"
4 - "Angel"
5 - "Love Is a Lonely Thing" (feat. Feist)
6 - "Fever"
7 - "Killers"
8 - "Ask for Help"
9 - "Catholic Country" (feat. Feist)
10 - "Song About It"
11 - "Washing Machine

Avaliação: muito bom

Continue no blog: