Mais no blog:

quarta-feira, 2 de junho de 2021

Duas resenhas: Olivia Rodrigo e Lou Barlow


Olivia Rodrigo - "Sour"

Olivia Rodrigo é desses fenômenos da era do streming que você não entende muito bem o motivo de gostarem tanto. A resposta está em "Sour", primeiro álbum de estúdio. O trabalho foi lançado após o sucesso estrondoso de "driver's license", que deve garantir a cantora com o primeiro posto de canção inédita mais ouvida em 2021. O disco é uma fórmula bem manjada de canções pop de fácil apelo para o público adolescente e para quem gosta dessa música. Não é o melhor disco do mundo, mas ajuda a entender o sucesso dela.

Avaliação: bom

Veja também:
Duas resenhas: Blackberry Smoke e Chrissie Hynde
Duas resenhas: Damien Jurado e Manchester Orchestra
Resenha: Robert Finley - Sharecropper's Son
Resenha: Paul Weller - Fat Pop
Resenha: trilha sonora de A Família Mitchell e a Revolta das Máquinas
Resenha: St. Vincent - Daddy's Home

Estou no Twitter e no Instagram. Ouça o podcast, compre livros na Amazon e fortaleça o trabalho do blog!


Lou Barlow - "Reason to Live"

Só de ser cofundador de Dinosaur Jr. e Sebadoh, já estaria no panteão da música indie. Mas ele, não satisfeito, ainda tem uma carreira solo que completa, entre vários nomes e projetos, 30 anos em 2021. Com "Reason to Live", o quinto disco em que lança usando o nome, ele mostra ser um compositor de mão-cheia em um trabalho de arranjos dos mais bonitos e letras tocantes. Perto de completar 55 anos, ele parece estar melhor que nunca.

Avaliação: ótimo

Continue no blog: