sexta-feira, 29 de março de 2019

3 Dicas da Júlia: Animações da Disney


Mais um post da Júlia Gavillan aqui no blog, agora com dicas de animações da Disney. O que acharam? Ela está no Twitter e no YouTube.

Veja também:
3 Dicas da Júlia: Documentários ótimos para assistir
3 Dicas da Júlia: Séries para assistir agora
3 Dicas da Júlia: Os melhores filmes da Marvel
3 Dicas da Júlia: Vencedores do Oscar em Melhor Filme

“O Rei Leão” (1994)

Bom, provavelmente você já viu “Rei Leão”, mas é impossível ignorar esse filme. Dirigido por Roger Allers e Rob Minkoff, essa animação atemporal ainda emociona e funciona perfeitamente mesmo depois de tantos anos. Apesar de diversos outros filmes apresentarem novas formas de contar histórias, como produções da Pixar e da Laika Studios, “O Rei Leão” tem uma história inesquecível e personagens impactantes.

Contando uma história relevante para todas as idades, o filme é a combinação perfeita entre a técnica de uma impressionante equipe de animadores com uma fantástica e impecável trilha sonora, estabelecendo um padrão musical criado em “A Pequena Sereia” (1989) muito difícil de alcançar. Com uma mensagem sobre cura, “O Rei Leão” nos ensinou que não podemos fugir da vida ou nos esconder do nosso destino. Se você não se emocionar ouvindo “Circle of Life”, você está apodrecendo por dentro.

Clique aqui e ouça a trilha sonora.




“Mulan” (1998)

Um dos meus traumas infantis envolve “Mulan”, uma das animações mais bonitas que já vi. Quando era criança, prometeram me levar ao cinema para assistir ao filme, mas não aconteceu e sobrou assistir em DVD anos depois. Dirigido por Barry Cock e Tony Bancroft, “Mulan” é a recriação do conto folclórico chinês sobre uma camponesa que se disfarça de homem para ocupar o lugar do seu pai doente no exército do Imperador.

Injustamente, “Mulan” é uma das animações menos famosas da Disney mesmo sendo um dos melhores filmes do estúdio. Dando uma aula sobre dever, honra e gênero (era 1998!), o filme carrega uma protagonista forte e envolvente que - SURPRESA! - não precisa ser salva por um personagem masculino. Mulan é forte, decidida e completamente capaz de trilhar o caminho que ela escolher.

Diferente de “O Rei Leão”, Mulan não tem canções tão memoráveis, mas compensa com o traço tradicional chinês bastante simples e visualmente lindo. Mas quem carrega o coração desse filme é sua inesquecível protagonista.




“Fantasia” (1940)

Provavelmente, “Fantasia” é uma das animações menos conhecidas pelo grande público, mas é a grande obra prima da Disney. Sim, você leu certo. Lançado em 1940, “Fantasia” é o grande auge dos artistas do estúdio no período e apresenta diferentes blocos animados inspirados em versões compactadas de músicas clássicas. Com duas horas e cinco minutos, a animação inclui Mickey Mouse como feiticeiro, criaturas mágicas, peixes e flores dançando, e a ascensão e a queda de um demônio(!).

Parece maluco? Parece, mas a animação está tão em sincronia com as músicas que tudo acaba fazendo sentido e tornando “Fantasia” uma experiência imperdível. Portanto, abrace seu coração e veja “Fantasia”.



Siga o blog no Twitter e no Facebook e assine o canal no YouTube. Compre livros na Amazon e fortaleça o trabalho do blog!

Saiba como ajudar o blog a continuar existindo

Gostou do post? Compartilhe nas redes sociais e indique o blog aos amigos!

Continue no blog: