No YouTube

quinta-feira, 10 de dezembro de 2015

Resenha: Leon Bridges – Coming Home


Aos 26 anos, Leon Bridges traz a influência do gospel, do soul e do R&B, aquele mais clássico, para as canções de Coming Home, disco de estreia. Um primeiro disco é carregado de expectativa, aliado com o hype gerado em cima dele por algumas das mais famosas publicações de música do mundo.

A faixa-título que abre o disco é um soul bem suave e inspirado nos grandes nomes do gênero. A parte instrumental dá conta e a voz, leve, dá o tom certo para manter o ouvinte atento a cada palavra, e "Better Man" é aquele R&B dançante que pouca gente faz nos dias de hoje – de melodia tranquila, instrumentos na medida certa e um refrão instrumental feito para assobiar.

Para quem gosta de baixo, o início de "Brown Skin Girl" é uma aula de domínio do instrumento. Para quem gosta de uma boa voz, Leon Bridges acerta tudo. Para quem gosta de uma banda afinada e entrosada, a terceira faixa mostra tudo isso e muito mais. "Smooth Sailin'" é a segunda do disco para colocar o ouvinte para dançar em qualquer lugar, muito por conta de uma levada instrumental ótima.

A mistura de gospel com blues de "Shine" dá aquele tom religioso contador de história, fundamental no sucesso dessa mistura que, aqui, ganhou um tom muito melancólico com o uso do saxofone ao fundo, e "Lisa Sawyer" parece ter saído de algum filme dos anos 1930 ou 1940 de tão profunda, delicada e cheia de boas referências a tudo que o blues, soul e gospel apresentaram em seus anos de história na música.

O R&B dançante de "Flowers" consegue animar um pouco depois do clima pesado, já "Pull Away" é puro gospel. E "Twistin' & Groovin'" é puro blues, incluindo um belo solo de guitarra para fazer a ponte entre o primeiro e segundo verso. Por fim, a ótima "River” amarra e encerra o disco muito bem, mostrando que Leon Bridges conseguiu mostrar todo seu potencial na estreia com ajuda de uma ótima banda e de canções muito boas. O rapaz pode ir muito longe se continuar nesse ritmo.


Tracklist:

1 - "Coming Home"
2 - "Better Man"
3 - "Brown Skin Girl"
4 - "Smooth Sailin'"
5 - "Shine"
6 - "Lisa Sawyer"
7 - "Flowers"
8 - "Pull Away"
9 - "Twistin' & Groovin'"
10 - "River”

Nota: 4/5



Veja também:
Resenha: Sara Bareilles – What's Inside: Songs from Waitress
Resenha: Coldplay – A Head Full of Dreams
Resenha: The World Is a Beautiful Place & I Am No Longer Afraid to Die – Harmlessness
Resenha: Grimes – Art Angels
Resenha: Siba – De Baile Solto
Resenha: The Winery Dogs – Hot Streak
Resenha: Daniel Menche & Mamiffer – Crater

Gostou do conteúdo? Compartilhe nas redes sociais! Isso ajuda pra caramba o blog a crescer e ter a chance de produzir mais coisas bacanas.