No YouTube

quarta-feira, 18 de março de 2015

Resenha: Black Star Riders - The Killer Instinct



Formado a partir das cinzas de uma das últimas reencarnações do Thin Lizzy, o Black Star Riders carrega naturalmente consigo um pouco da essência do rock irlandês: despojado, áspero, onde todas as suas alegrias e tristezas podem ser despejadas em um copo de uísque de um pub.

A ideia da criação da banda surgiu quando os músicos que carregavam o nome do grupo de Phil Lynott resolveram gravar um álbum de inéditas, porém decidiram lançá-lo sem a alcunha Thin Lizzy, surgindo assim uma nova banda com velhos nomes. O resultado disso foi o bom All Hell Breaks Loose, de 2013.

Liderada por Scott Gorham (guitarra), a formação traz ainda Ricky Warwick (vocal e guitarra), Damon Johnson (guitarra), Robbie Crane (baixo) e Jimmy DeGrasso (bateria). Sob a produção de Nick Raskulinecz (Rush, Foo Fighters, Alice in Chains), The Killer Instinct tem uma personalidade mais própria que o debut, além de trazer novamente um despretensioso hardrock.

O álbum passeia por alguns momentos um pouco distintos, entre uma balada blues na faixa-título e uma arrasadora "Soldiertown". Aliás, esta última se parece muito em sua estrutura com "Esmerald", clássico do Thin Lizzy, devido aos seus riffs de guitarra ferozes. Mas não espere nada de inovador ou surpreendente. O que exala através da voz de Warwick são apenas histórias irlandesas envolvidas por sexo, bebidas e drogas.

Tracklist:

1 - "Killer Instinct"
2 - "Bullet Blues"
3 - "Finest Hour"
4 - Soldierstown"
5 - "Charlie I Gotta Go"
6 - "Blindsided"
7 - "Through The Motions"
8 - "Sex, Guns & Gasoline"
9 - "Turn In Your Arms"
10 - "You Little Liar"

Nota: 3/5


Veja também:
Resenha: Dead Fish – Vitória
Resenha: Madonna – Rebel Heart
Resenha: Will Butler – Policy
Resenha: Avishai Cohen Trio – From Darkness
Resenha: Lieutenant – If I Kill This Thing We're All Going To Eat For A Week
Resenha: Mastery – Valis
Resenha: Swervedriver - I Wasn't Born to Lose You

Siga o blog no Twitter, Facebook, Instagram, no G+, no no Tumblr e no YouTube

Gostou do conteúdo? Compartilhe nas redes sociais!