No YouTube

quarta-feira, 11 de fevereiro de 2015

Resenha: Father John Misty - I Love You, Honeybear


Desde o dia 1º de maio de 2012, J. Tillman usa a alcunha de Father John Misty para lançar seus trabalhos. Desde o bom Fear Fun, de 2012, o cantor, compositor e produtor vêm lançando seus discos pelo lendário selo Sub Pop. Agora, após um curto período sem nada inédito, ele lança I Love You, Honeybear – segundo álbum com o novo nome artístico –, gravado entre 2013 e 2014.

A faixa-título é esse indie modernos em que qualquer pessoa pode gravar esse tipo de canção em casa e tem todos os clichês possíveis, como o vocal duplicado, a letra melosa, o violão usado como base e o vocal suave. O clima de Mumford and Sons é visível em "Chateau Lobby #4 (in C for Two Virgins)", já em "True Affection" aparece a primeira mescla com eletrônico. E até que não ficou ruim.

"The Night Josh Tillman Came To Our Apt." tem uma boa melodia com base no folk. A seção de cordas dá um toque todo especial, enquanto a voz de Father John Misty consegue transmitir sentimentos verdadeiros e sinceridade, assim como a ótima "When You’re Smiling and Astride Me". Não esperava, mas o blues de "Nothing Good Ever Happens At the Goddamn Thirsty Crow" emociona e toca coração como muito não ouvia em um álbum. É a típica canção perfeita, que ensina e mostra ao público em geral que é possível fazer boa música com o que tem aí.

Uma coisa a ficar atento em "Strange Encounter" é a excelente letra, cantada suavemente e com uma ótima melodia. Um rock bem interessante é "The Ideal Husband", em que o piano aparece bem e o solo de guitarra no fim é bem empolgante, mas a coisa muda completamente de figura na balada suave "Bored In The USA".

Mais uma para lista das ótimas desse disco, "Holy Shit" funciona muito bem com todos os elementos colocados na canção. Por fim, "I Went To The Store One Day" encerra o disco de maneira delicada, mostrando todo talento de Father John Misty para escrever, tocar e cantar boas canções.

Nunca imaginei que diria isso, mas esse segundo disco do Father John Misty é ótimo e é daqueles que melhora com mais audições. Apesar de ter achado o começo um pouco capenga, vai melhorando e embala de vez depois da quarta faixa. Vale muito a pena ouvir.

Tracklist:

1 - "I Love You, Honeybear"
2 - "Chateau Lobby #4 (in C for Two Virgins)"
3 - "True Affection"
4 - "The Night Josh Tillman Came To Our Apt."
5 - "When You’re Smiling and Astride Me"
6 - "Nothing Good Ever Happens At the Goddamn Thirsty Crow"
7 - "Strange Encounter"
8 - "The Ideal Husband"
9 - "Bored In The USA"
10 - "Holy Shit"
11 - "I Went To The Store One Day"

Nota: 4/5


Veja também:
Resenha: Pneu - Destination Qualité
Resenha: Jair Naves – Trovões A Me Atingir
Resenha: John Carpenter – John Carpenter’s Lost Themes
Resenha: Vijay Iyer Trio – Break Stuff
Resenha: Elenowen – For The Taking
Resenha: The Sidekicks – Runners In The Nerved World
Resenha: Bob Dylan - Shadows in the Night

Siga o blog no Twitter, Facebook, Instagram, no G+, no no Tumblr e no YouTube

Gostou do conteúdo? Compartilhe nas redes sociais!