Mais no blog:

terça-feira, 27 de julho de 2021

Resenha: Vince Staples - Vince Staples


Dentre os compositores da nova geração do hip-hop, um dos melhores de ouvir e acompanhar nos últimos anos é o talentoso Vince Staples. Com quatro álbuns lançados, incluindo o mais recente, ele vem pintando como um dos símbolos da modernidade do gênero, que passa por uma evolução importante na última década com trabalhos, cantores, cantoras e autores do mais alto nível.

Staples olha a própria história com uma nova perspectiva: a dele, agora, mais velho. Em canções bem curtas, com nenhuma chegando aos três minutos, ele apresenta elementos bem simples e conhecidos no gênero. É o típico caso em que as letras falam muito mais do que qualquer batida, lado experimental ou qualquer coisa do tipo. E é importante entender esse momento, em que ele quer falar. O fundamental, desse lado do balcão, é ouvir.

Veja também:
Resenha: Foo Fighters - Dee Gees: Hail Satin
Dois discos: John Mayer e Rodrigo Amarante
Duas resenhas: Adrian Smith and Richie Kotzen e Lucrecia Dalt and Aaron Dilloway
Duas resenhas: Laura Mvula e Angelique Kidjo
Resenha: John Grant - Boy from Michigan
Resenha: Modest Mouse - The Golden Casket

Estou no Twitter e no Instagram. Ouça o podcast, compre livros na Amazon e fortaleça o trabalho do blog!

E ele tem muito a dizer sobre a vida ("Are You with That?") e reflexões sobre o próprio passado ("Sundown Town"). Aliás, um dos bons pontos do álbum é justamente o tempo. Ele não perde tempo em longas reflexões ou em explorar batidas de maneira longa apenas para preencher o espaço. É um álbum direto é bem objetivo.

Um dos destaques do trabalho é "The Shining", canção em que ele explora a vida dos afroamericanos e como eles são. Outro é "The Apple & the Tree", quando o músico fala sobre o pai, condenado por tentativa de assassinato, e como ele poderia ter seguido o mesmo caminho e dá o exemplo dos primos, muitos presos por tráfico ao longo dos anos. É mais um relato do que uma canção, mas é muito, muito forte e revelador de como a vida funciona para uma imensa maioria das pessoas.

Com ajuda do produtor Kenny Beats, Vince Staples entrega um dos discos mais profundos e tocantes de 2021. Os relatos sobre si mesmo e a vida mostram como seguir por um caminho é muito mais difícil do que parece, mas a música, mais uma vez, mostra todo potencial em salvar vidas.

Tracklist:

1 - "Are You with That?"
2 - "Law of Averages"
3 - "Sundown Town"
4 - "The Shining"
5 - "Taking Trips"
6 - "The Apple & the Tree"
7 - "Take Me Home" (with Fousheé)
8 - "Lil Fade"
9 - "Lakewood Mall"
10 - "Mhm"

Avaliação: ótimo

Continue no blog: