Mais no blog:

quinta-feira, 6 de maio de 2021

Duas resenhas: girl in red e Marianne Faithfull with Warren Ellis


girl in red - "if i could make it go quiet"

Um dos grandes fenômenos recentes da internet, girl in red, projeto da cantora norueguesa Marie Ulven, faz do primeiro trabalho em estúdio um grande experimento musical. Indo da inspiração da música eletrônica, passando pelo dream pop e até simplificando um pouco mais, é difícil definir o que ela toca. E é por isso que "if i could make it go quiet" peca por uma certa irregularidade que incomoda um pouco mais de meia hora de duração, mas não chega a deixar o trabalho ruim a ponto de não enxergar potencial. Basta acertar o tom.

Avaliação: bom

Veja também:
Duas resenhas: Guided By Voices e Royal Blood
Resenha: Teenage Fanclub - Endless Arcade
Duas resenhas: Tom Jones e Peter Frampton
Duas resenhas: The Offspring e Greta Van Fleet
Resenha: Dinosaur Jr. - Sweep It Into Space
Resenha: Paul McCartney - McCartney III Imagined

Gostou do post? Compartilhe nas redes sociais e indique o blog aos amigos!

Estou no Twitter e assine o canal no YouTube. Compre livros na Amazon e fortaleça o trabalho do blog!


Marianne Faithfull with Warren Ellis - "She Walks in Beauty"

Uma das pessoas famosas que ficou muito mal após contrair Covid-19 foi a cantora Marianne Faithfull. Aos 74 anos, ela passou por momentos muito ruins ao ficar três semanas internada e precisou fazer fisioterapia para os pulmões para recuperar a capacidade de cantar e gravar "She Walks in Beauty", disco em parceria com Warren Ellis, braço direito de Nick Cave. Disco de "spoken word", ou seja ela declama a música ao invés de cantá-la, mostra como Faithfull conseguiu encontrar um jeito de seguir fazendo o que ama. E o trabalho de Ellis em criar os efeitos e ajudar a ditar o ritmo é simplesmente fantástico em um trabalho emocionante.

Avaliação: ótimo

Continue no blog: