Mais do blog:

sexta-feira, 29 de novembro de 2019

Dois discos: M83 e Cage the Elephant


M83 - "DSVII"

Foram 12 anos entre Digital Shades Vol.1 e a sequência, disponibilizada recentemente pela banda francesa. Inspirada em jogos de videogame clássicos, os arranjos tem uma capacidade melódica muito impressionante em quase uma hora de duração. Não é um trabalho dos mais fáceis de ouvir, já que pode não agradar a todos o tipo de pessoa. Mas é muito bonito e instigante, principalmente se você gostar de música instrumental bem feita com um toque de shoegaze e eletrônico. Soa como a trilha de um jogo de videogame desses com uma narrativa bem bonita e lúdica.

Avaliação: muito bom

Veja também:
Resenha: Michael Kiwanuka - Kiwanuka
Resenha: China - Manual de Sobrevivência Para Dias Mortos
Resenha: Neil Young with Crazy Horse - Colorado
Resenha: Boogarins - Sombrou Dúvida
Resenha: Ringo Starr - What's My Name
Resenha: Kim Gordon - No Home Record



Cage the Elephant - "Social Cues"

Uma das bandas que surgiu naquele bolo entre 2006 e 2008, o Cage the Elephant seguiu fazendo bons trabalhos até culminar no auge com "Tell Me I'm Pretty", um dos melhores trabalhos de 2015. Quatro anos depois, o grupo segue apostando em na fórmula "indie animado" que contagia as pistas de dança da música jovem. "Social Cues" tem bons momentos como na faixa-título e em "Night Running", essa com participação de Beck. Grupo consegue manter bom nível ao explorar temas adultos, como divórcio, problemas no relacionamento e depressão.

Avaliação: muito bom

Continue no blog:



Siga o blog no Twitter e no Facebook e assine o canal no YouTube. Compre livros na Amazon e fortaleça o trabalho do blog!

Gostou do post? Compartilhe nas redes sociais e indique o blog aos amigos!