segunda-feira, 13 de agosto de 2018

Dois discos: Masayoshi Fujita e Slim Kofi

Instrumentista japonês e rapper ganês estão na seção


Masayoshi Fujita – “Book Of Life”

O japonês Masayoshi Fujita tem o vibrafone como instrumento principal de sua carreira, o que já o torna alguém – no mínimo – interessante para ser escutado. Em “Book Of Life”, ele completa uma trilogia iniciada em 2012 com “Stories” que teve sequência com “Apologues” (2015). Por entrevistas e da forma como ele explora o instrumento, podemos ouvir não apenas um homem dedicado, mas alguém disposto a fazer da música sua missão de vida no mundo. E ele faz. O novo álbum tem arranjos delicados e traz serenidade em tempos tão complicados. "It's Magical" é o destaque por contar com dois violoncelos no apoio para colocar o lado mais tradicional da música japonesa no trabalho. E funciona muito bem.

Avaliação: ótimo

Veja também:
Dois discos: Deaf Wish e Halestorm
Dois discos: Screaming Females e Yo La Tengo
Dois discos: Bullet For My Valentine e Árstíðir
Dois discos: Anelis Assumpção e Lestics
Dois discos: Death Grips e Melvins
Dois discos: Buddy Guy e Roger Daltrey




Slim Kofi – “Let Me Take You To Africa”

O rapper ganês radicado na Holanda Slim Kofi mistura ritmos africanos com elementos eletrônicos e do hip-hop em “Let Me Take You To Africa”, o segundo disco de sua carreira. Ele tem uma característica bem particular nos dois trabalhos: ambos têm pouco tempo de duração. Ao apostar em faixas mais curtas, fica mais fácil para entender essa mistura entre velho e novo. "Kotiko", "Sexy Bobo" e "Holiday" são os destaques de um disco bem competente.

Avaliação: muito bom


Me siga no Twitter e no Facebook e assine o canal no YouTube. Compre livros na Amazon e fortaleça o trabalho do blog!

Gostou do post? Compartilhe nas redes sociais e indique o blog aos amigos!

Continue no blog: