No YouTube

segunda-feira, 17 de outubro de 2016

Resenha: Lewis Del Mar – Lewis Del Mar


Duo de música experimental soltou primeiro álbum cheio no início do mês

Formado pelo guitarrista e vocalista Danny Miller e pelo baterista e produtor Max Harwood, o Lewis Del Mar lançou o primeiro disco cheio no último dia 7. Misturando vários gêneros, do experimental ao eletrônico, eles conseguem entregar um trabalho interessante. Por exemplo: "Loud(y)" é uma faixa cheia de nuances e pontos explorados diferentes do habitual; "14 Faces" é mais agitada; "Painting (Masterpiece)" tem ar mais pop, mas não deixa de ter o toque experimental; "Islands" é mais suave na sonoridade e nos efeitos, sendo uma bela canção; "Live That Long" é diferente por colocá-los em outra perspectiva ao apresentar ao público uma faixa acústica. Dessas novas bandas, Lewis Del Mar é uma dessas a se prestar atenção nos próximos passos. Se essa estreia consegue ir de um lado para outro sem tropeços graves, será bom acompanhar quais serão os movimentos seguintes no tão temível segundo disco.

Veja também:
Resenha: Kaiser Chiefs – Stay Together
Resenha: Opeth – Sorceress
Resenha: Bob Weir – Blue Mountain
Resenha: Bon Iver - 22, A Million
Resenha: Regina Spektor – Remember Us to Life
Resenha: Devendra Banhart - Ape in Pink Marble
Resenha: The Baggios – Brutown

Tracklist:

1 - "Such Small Scenes"
2 - "Loud(y)"
3 - "14 Faces"
4 - "Painting (Masterpiece)"
5 - "Puerto Cabezas, NI"
6 - "Tap Water Drinking"
7 - "Malt Liquor"
8 - "D.L."
9 - "Islands"
10 - "Live That Long"

Nota: 3/5



Gostou do post? Compartilhe nas redes sociais e indique o blog aos amigos!




Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...