No YouTube

segunda-feira, 29 de agosto de 2016

Há 50 anos, Beatles faziam última apresentação ao vivo


Data é marco na música e na cultura pop

Quase quatro anos antes do famoso show no telhado da gravadora Apple, os Beatles fizeram o último show. Em 29 de agosto de 1966, no Candlestick Park, em São Francisco, Califórnia, John Lennon, Paul McCartney, George Harrison e Ringo Starr se apresentavam para 25 mil pessoas – muito menos do que os 42.500 ingressos disponibilizados pela produtora local. A polêmica frase de Lennon que "os Beatles eram mais populares do que Jesus" ajuda, em parte, a explicar a baixa procura. A outra parte vem do fato de as canções executadas não mudarem muito.

A banda já havia lançado os clássicos Rubber Soul e Revolver, mas ainda tocava as simples canções de seus primeiros discos e alguns covers. Foram 11 canções executadas e, pelas poucas imagens disponíveis e depoimentos, Lennon estava no limite. Cansado, não queria mais se apresentar ao vivo. Harrison e Starr o seguiram, com McCartney sendo contra.

Discos dos Beatles:
Discos para história: Please Please Me, dos Beatles (1963)
Discos para história: With the Beatles, dos Beatles (1963)
Discos para história: A Hard Day’s Night, dos Beatles (1964)
Discos para história: Beatles For Sale, dos Beatles (1964)
Discos para história: Help!, dos Beatles (1965)
Discos para história: Rubber Soul, dos Beatles (1965)
Discos para história: Revolver, dos Beatles (1966)

"Houve um grande falatório Candlestick Park sobre ser o fim. Naquele show, em São Francisco, soava a última vez [ao vivo], mas nunca senti 100% de certeza até chegar em Londres. John queria desistir mais do que os outros. Ele disse que tinha feito o suficiente", disse Ringo Starr em depoimento no Anthology, longo documentário sobre os Beatles.

Realmente, Lennon estava cansado de tudo e de todos. Queria passar um tempo sozinho. Como beatle mais artístico, a rotina e falta de possibilidade de ampliar seus horizontes estavam acabando com ele. Jovem, rico e famoso, ele era uma pessoa infeliz. E a polêmica envolvendo religião só piorou as coisas.

Eles sabiam que seria o último show, então fizeram questão de registrar o momento em fotos e imagens que estariam nos livros de história anos depois. Por isso mesmo, depois de mais de 1.400 apresentações, muitos estavam encarando como o fim do grupo.

Mais histórias dos Beatles:
O dia em que Muhammad Ali conheceu os Beatles
Beatles eram condecorados com Ordem do Império Britânico há 50 anos
Há 50 anos, Beatles faziam história no Shea Stadium

"É isso, então. Não sou um mais um beatle", afirmou Harrison, no voo de volta. O futuro era incerto. Tão incerto, que eles tiraram três meses de folga para colocar a cabeça no lugar. Lennon aceitou o convite para atuar no próximo filme de Richard Lester, chamado Como Eu Ganhei a Guerra (1967), George e Patti Harrison foram para Índia, McCartney começou a trabalhar na trilha sonora de The Family Way (1966) com George Martin e Ringo Starr foi passar um tempo com a família.

Eles retornariam no final de novembro para dar início às gravações de Sgt. Peppers..., lançado quase um ano depois do fim das apresentações ao vivo.

Setlist: 

"Rock and Roll Music" (Chuck Berry cover)
"She's a Woman"
"If I Needed Someone"
"Day Tripper"
"Baby's in Black"
"I Feel Fine"
"Yesterday"
"I Wanna Be Your Man"
"Nowhere Man"
"Paperback Writer"
"Long Tall Sally" (Little Richard cover)

Ouça o último show dos Beatles na íntegra*:



*curiosidade: o gravador usado pelo staff do grupo deu problema e a última canção está incompleta.

Trecho do documentário Eight Days A Week - The Touring Years, de Ron Howard, sobre a última apresentação:



Gostou do post? Compartilhe nas redes sociais e indique o blog aos amigos!