No YouTube

sábado, 4 de junho de 2016

O dia em que Muhammad Ali conheceu os Beatles

Foto: Wikipedia

Boxeador morreu na madrugada deste sábado aos 74 anos

Cassius Clay ainda não era Muhammad Ali (1942 - 2016) em 18 de fevereiro de 1964, exatamente uma semana antes de ganhar o primeiro de seus três títulos mundiais na categoria Pesos Pesados. Os Beatles já haviam conquistado o Reino Unido e a Europa, mas faltava o principal objetivo: os Estados Unidos. E os quatro chegaram ao país para uma a primeira turnê e a histórica participação no Ed Sullivan Show pouco tempo depois de conseguir o primeiro lugar nas paradas.

O encontro entre os futuros ícones do século 20, então todos com menos de 25 anos, aconteceu em Miami, na Flórida, local de treinamento de Clay para a grande luta. A grande curiosidade e que pouca gente saber é que os Beatles estavam interessados em conhecer um boxeador. E não era o futuro campeão. Os quatro queriam conhecer o então vencedor dos Pesos Pesados Sonny Liston, que detinha o título desde as duas vitórias, incluindo uma revanche, por nocaute diante de Floyd Patterson.

Discos para história: Beatles For Sale, dos Beatles (1964)
Galeria de fotos: bastidores, ingressos e pôsteres de A Hard Day's Night
Filme: A Hard Day's Night, de Richard Lester (1964)
Discos para história: A Hard Day’s Night, dos Beatles (1964)
Beatles, The Ed Sullivan Show e a conquista da América

Sem o campeão, se contentaram com o desafiante Clay. Olhando as fotos e a história, o encontro ganhou cada vez mais importância ao longo dos anos por tudo que ambos fizeram em suas profissões e fora delas ao longo dos anos. Mesmo sabendo que tudo não passava de uma imensa armação para promover ambos – a banda, então buscando mais popularidade, e Clay, o desafiante marrento e zebra na disputa pelo título.

"Fomos levados para encontrá-lo naquela primeira viagem (aos Estados Unidos). Era publicidade da grande. Foi tudo parte de ser um Beatle, olhando hoje. A coisa aconteceu em salas cheias de jornalistas, fotógrafos e muita gente fazendo perguntas. Muhammad Ali foi muito simpático", disse George Harrison na série-documental Anthology.

Quem teve papel fundamental no registro do encontro foi o fotógrafo Harry Benson, responsável pelas imagens dos Beatles na primeira passagem do grupo pelos Estados Unidos. Ele só esteve presente por uma mudança de planos: ao invés de viajar à África, foi realocado para acompanhá-los na França e contar a história da Beatlemania em imagens. Enfim, um encontro histórico devidamente registrado para toda eternidade.

#RIPMuhammadAli #TheGreatest



Esse post foi um oferecimento de Felipe Portes, o primeiro patrão do blog. Contribua, participe do nosso Patreon.

Gostou do conteúdo? Compartilhe nas redes sociais! Isso ajuda pra caramba o blog a crescer e ter a chance de produzir mais coisas bacanas.

Siga o autor no Twitter