sexta-feira, 9 de fevereiro de 2018

Dicas do Music on the Run para passar o carnaval em casa #3


Tem tanta coisa que precisaria de uns três carnavais para dar conta de tudo

Mais um ano de folia momesca chegou e, para manter a tradição, o blog convida gente do mais alto calibre para indicar coisas legais para quem curte passar o feriado em casa.

Veja também:
Dicas do Music on the Run para passar o carnaval em casa #2
Dicas do Music on the Run para passar o carnaval em casa


powered by TinyLetter



Arthur Chrispin, escritor, amigo e carioca profissional

Livro: Barbarian Days, de William Finnegan
[preciso fazer resenha? Vou começar a ler agora. Hahaha] [eu devia indicar Caleidoscópio né?]

[Nota do editor: deveria risos]

Disco: Between Two Shores, de Glen Hansard

Filme: Série, na verdade: McMafia, fodaça.

Documentário: Ícaro [Netflix]

Livre escolha: This is Us [série disponível no Fox Life]

Cinco músicas:
"Say Something", de Justin Timberlake feat. Chris Stapleton
"Everything Now", do Arcade Fire
"Ponta de Lança", de Rincon Sapiência
"High for This", do The Weeknd
"London", de Benjamin Clementine


Rodrigo Carvalho, ex-colaborador do blog e manjador dos paranauês do metal e similares

Livro: Joyland, de Stephen King
Mais uma incursão de Stephen King no gênero investigativo, o livro é basicamente um romance ambientado naqueles inocentes parques de diversão à beira da praia dos Estados Unidos dos anos 70, porém com todos os elementos mais do que característicos do autor – momentos de tensão aqui e ali, personagens que parecem esconder alguma coisa, fantasmas, assassinatos e tal. Joyland tem uma escrita leve, uma história aparentemente curta e simples, mas cheia de lições bacanas em suas diversas subtramas, perfeita para aqueles momentos em que se quer apenas relaxar.

Disco: Pedras e Sonhos, do El Efecto
Um dos mais bem trabalhados álbuns lançados nos últimos tempos, tem de tudo em Pedras e Sonhos. Quase como a representação de todos os sentimentos e complexidades que formam a cultura brasileira, a música do El Efecto é vasta, uma base perfeita para todas as mensagens que suas letras carregam.

Filme: Gwai Wik (Título em inglês: Re-Cycle)
Dos irmãos Danny e Oxide Pang, Gwai Wik pode ter sido uma das polêmicas surpresas de Cannes em um distante 2006, mas acabou afogado injustamente no oceano de produções de terror asiáticas que o Brasil recebeu na década passada (ainda mais que recebeu a tradução ridícula de “ASSOMBRAÇÃO” por aqui). O filme conta a por vezes complicada história da escritora Chu Xun (interpretada por Angelica Lee) e apesar de iniciar como um típico filme oriental do gênero, aos poucos se transforma em uma fantasia carregada de emoções e efeitos visuais impressionantes.

Documentário: Chef’s Table [Netflix]
Ok, talvez uma série documental e biográfica sobre alguns dos mais renomados chefs do mundo não seja lá interessante pra todo mundo. Mas esta produção da Netflix traz ensinamentos não apenas sobre gastronomia, mas sobre processos criativos, diferentes culturas e sustentabilidade, desvinculando aos poucos a alta cozinha da gourmetização gratuita e mostrando seus propósitos.

Livre Escolha: Beasts of Burden: Rituais Animais, de Evan Dorkin e Jill Thompson [HQ]
Beasts of Burden traz o universo de Evan Dorkin onde uma equipe de animais das mais carismáticas investiga uma série de eventos sobrenaturais em sua vizinhança, que vão de bruxaria a zumbis, representados pelo belíssimo traço de Jill Thompson. As histórias “Abandono” e “Perdido” são algumas das mais bonitas e emocionantes que você pode ler.

Cinco Músicas:
"Like Orpheus", de Orphaned Land
"Soul Adventurer", do In Vain
"Mercy", do Tanuki
"The Champion", de Carrie Underwood
"Bastards", do Machine Head


Júlia Mariano, editora dos vídeos do canal e entendedora dos paranauês do cinema

Livro: Mindhunter – O Primeiro Caçador de Serial Killers Americano, de John Douglas e Mark Olshaker
Se você viu a série da Netflix, gostou (yes!) e quer ler mais sobre o história do John Douglas, esse é o livro para você (obviamente). Lembrando que a série é baseada no livro e tem diversas mudanças, então não estranhe as diferenças. Vale muito a pena e você consegue ler em dois dias, no máximo.

Disco: Sol e Chuva, de Alceu Valença
Porque é Carnaval e porque esse disco é uma delícia <3

Filme: Me Chame pelo seu Nome, de Luca Guadagnino; Corra!, de Jordan Peele; A Forma da Água, de Guillermo del Toro
Sim, três indicados ao Oscar 2018. E, sim, esse é o Top 3 melhores filmes de 2017. São histórias fantásticas, brilhantemente dirigidas e deliciosamente interpretadas.

Documentário: Ícaro [Netflix]
Outro indicado ao Oscar, Ícaro é um dos melhores documentários que já vi. Uma mistura de denúncia e estudo de personagem, é um ótimo filme para ver durante uma Olímpiada... Talvez você perca a fé nos esportes olímpicos? Talvez, mas vale o risco.

Livre escolha: Viva – A Vida é Uma Festa [Filme]
Se prepare psicologicamente antes. Sério.

Cinco músicas:
"Na Primeira Amanhã", de Alceu Valença
"Head Over Heels", do Tears For Fears
"Learning to Fly", do Pink Floyd
"Life’s Been Good", do Joe Walsh
"Traicionera", do Sebastían Yatra


Rafael Monteiro, jornalista e fã de páginas peculiares no Facebook

Livro: Apenas um Rapaz Latino-Americano, de Jotabê Medeiros
Para um feriado, nada melhor do que um livro de tiro curto. A leitura é fácil e envolvente, até por não se tratar de uma biografia convencional - acredito que esteja mais para uma grande reportagem com um triste e inesperado desfecho.

Disco: Acústico MTV Paulinho da Viola
No clima da série de shows do sambista com a filha Beatriz Rabello no Sesc Pompeia, relembro este show impecável, realizado a pedido da velha MTV. Se tivesse que destacar uma música, diria: ouçam Timoneiro. Mil vezes.

Filme: Lady Bird
Uma linda história sobre as negações de uma adolescente de classe média. Minha admiração por Greta Gerwig só aumentou depois deste filme.

Livre escolha: Cinema na Varanda (Podcast)
As melhores discussões sobre cinema na internet. Se você duvida, procure na busca do blog a discussão sobre algum filme específico e ateste com os seus próprios ouvidos.

Cinco músicas: 
"Olê, Olá", de Chico Buarque, Maria Bethânia
"Disritmia", de Martinho da Vila
"Malandro", de Jorge Aragão
"Vagabundo não é Fácil", dos Novos Baianos
"Computer Luv", de Ravyn Lenae


Fagner Morais, editor e organizador dessa lista toda

Livro: David Bowie - Uma Vida em Canções
Uma história simples em que um jornalista explora seu lado fã para contar todas as facetas musicais de David Bowie. (tem vídeo no canal sobre o livro)

Disco: Calexico – The Thread That Keeps Us
O ano nem começou e já saiu um dos grandes discos de 2018.

Filme: O Lagosta, de Yorgos Lanthimos
Uma surpreendente história sobre como a busca pela felicidade esbarra nos padrões estabelecidos pela sociedade.

Documentário: All Things Must Pass: The Rise and Fall of Tower Records [Netflix]
Uma bonita história de como uma loja de discos podia mesmo mudar a vida das pessoas no século 20. (também tem vídeo no canal)

Livre escolha: Comedians in Cars Getting Coffee [Netflix]
Jerry Seinfeld dirige um carro enquanto entrevistas amigos comediantes sobre a vida, o universo e tudo mais. Tudo com muito humor, claro.

Cinco músicas:
"Mystery of Love", de Sufjan Stevens
"It's a Shame About Ray", do Lemonheads
"Everybody's Changing", do Keane
"Da Ya Think I'm Sexy", de Rod Stewart
"Cannonball", das Breeders



Me siga no Twitter e no Facebook. E compre livros na Amazon e fortaleça o trabalho do blog!

Saiba como ajudar o blog a continuar existindo

Gostou do post? Compartilhe nas redes sociais e indique o blog aos amigos!