No YouTube

quarta-feira, 20 de maio de 2015

Resenha: Macaco Bong – Macumba Afrocimética


Se existe uma banda extremamente boa na música instrumental brasileira, essa banda é o Macaco Bong. Com dois discos lançados (Artista Igual Pedreiro, de 2008, e This is Rolê, de 2013), eles já foram um quarteto, um trio, reformularam o trio e, recentemente, disponibilizaram para download no site oficial Macumba Afrocimética, terceiro trabalho em estúdio.

A linha de baixo no início de "#tapanapantera" é muito, muito boa, principalmente para quem admira os tocadores do instrumento. Logo que entra a bateria, a faixa vai ganhando força e mais peso, e a guitarra distorcida só aumenta a sensação de estar em um lugar fechado e sufocado pela melodia. Segunda canção, "A-F-I-R-M-A-T-I-V-O!!!" traz uma onda cheia de distorção e bem próximo do chamado noise rock.

"Olho de Caça" é mais pesada na parte instrumental do que a anterior, e isso reflete no clima pesado e sombrio que a faixa ganhou, enquanto "Abramacabra" tem um ritmo mais leve e fácil de acompanhar, mas não deixa de usar elementos já descritos antes ao aliá-los com um ritmo muito interessante e atraente para ser ouvido.

E se "Banana Tretta" parece uma continuação da anterior – e pior que parece mesmo –, a próxima, chamada "Macumba Afrocimética", é a única do trabalho que tem algum tipo de vocal. Por ser bem curta, ela mistura bastante o mangue beat, subgênero musical apresentado ao Brasil em meados dos anos 1990, com uma coisa meio jazz.

Finalizando o álbum, "William Bonger" é a mais psicodélica de todo registro (por isso, acabou sendo a que mais gostei de maneira geral) e "Funk do Cuoco" realmente é um funk de bom nível – funk à Grand Funk Railroad, por exemplo. As duas dão um encerramento bacana ao trabalho, que não é genial, mas mostra que o Macaco Bong está consolidado no cenário nacional como uma das grandes bandas da atualidade.

Tracklist:

1 - "#tapanapantera"
2 - "A-F-I-R-M-A-T-I-V-O!!!"
3 - "Olho de Caça"
4 - "Abramacabra"
5 - "Banana Tretta"
6 - "Macumba Afrocimética"
7 - "William Bonger"
8 - "Funk do Cuoco"

Nota: 3,5/5



Veja também:
Resenha: Faith No More – Sol Invictus
Resenha: Best Coast – California Nights
Resenha: Jesse Cook – One World
Resenha: METZ – METZ II
Resenha: John Patitucci Guitar Quartet - Brooklyn
Resenha: My Morning Jacket – The Waterfall
Resenha: Mountain Goats – Beat The Champ