No YouTube

quinta-feira, 4 de dezembro de 2014

Resenha: Stu Larsen – Vagabond


O australiano Stu Larsen é uma das revelações deste ano. Nessa onda neo folk que apareceu nos últimos meses, ele vem se destacando pela simplicidade de suas canções. Ele não é um Ed Sheraan que faz parcerias e mistura batidas eletrônicas em suas composições. Larsen, como Jake Bugg e George Ezra, é mais na linha clássica com seu violão e voz.

Ele é mais um dos inúmeros casos de cantores, cantoras e bandas muito requisitados em festivais e apresentações pelo mundo, menos por aqui – Vagabond já é seu quarto disco de estúdio. Espero vê-lo por aqui em breve. É um talento que não deve ser desperdiçado.

Não tem muito segredo o que Larsen faz. O exemplo vem logo de cara em "San Francisco", faixa de abertura. Prestem bem atenção na melodia: é simples, não tem excessos e o piano é muito delicado, sutil e fundamental para dar o ritmo. O discreto violino é outro instrumento que consegue preencher bem os espaços. O violão aparece mais em "King Street", mas o que impressiona é a erudição das canções até aqui. Parecem uma ópera de tão bem estruturadas.

O single "Thirteen Sad Farewells" vai para o country folk e é uma ótima pedida para animar qualquer festa – ela fica no meio entre Decemberists e Mumford and Sons. A romântica "Ferry to Dublin" tem uma letra muito brega e a melodia mais simples até aqui. Por isso, acaba sendo uma das mais fracas de todo trabalho. Em compensação, é a mais pop e deve fazer bastante sucesso. O mesmo caso é de “Pocket Full of Coins", em que sua base é inteira no violão, porém ele acaba compensando isso na excelente letra.

A curtinha "Far Away from Here" e a um pouco mais longa "Darling If You're Down" são bem animadas, enquanto "Some Kind of Gypsy" retorna com o clima meloso. Aquela estrutura e boa melodia retorna na ótima "Maybe I Am", uma das canções mais tristes do ano. Se "Skin and Bone" é bem comum, "I Will Wait No More", com sua excelente proposta, é um ótimo encerramento.

Fora da visão das fãs de Jake Bugg – Ed Sheeran, Stu Larsen pode trabalhar em coisas melhores e melhor elaboradas, como as ótimas melodia e letra. Apesar de alguns pequenos deslizes, é um belo trabalho. É tranquilo, sereno e há muitas canções de qualidade. Vale a pena ouvir.

Tracklist:

1 - "San Francisco"
2 - "King Street"
3 - "Thirteen Sad Farewells"
4 - "Ferry to Dublin"
5 – “Pocket Full of Coins"
6 - "Far Away from Here"
7 - "Some Kind of Gypsy"
8 - "Darling If You're Down"
9 - "Maybe I Am"
10 - "Skin and Bone"
11 - "I Will Wait No More"

Nota: 3,5/5



Veja também:
Resenha: She and Him – Classics
Resenha: John Coltrane - Offering: Live at Temple University
Resenha: TV On The Radio – Seeds
4 em 1: ruido/mm, Alice Caymmi, Criolo e Tom Zé
Resenha: Racionais MC's - Cores & Valores
Resenha: AC/DC – Rock or Bust




Siga o blog no Twitter, Facebook, Instagram, no G+, no no Tumblr e no YouTube

Gostou do conteúdo? Compartilhe nas redes sociais!