Mais no blog:

terça-feira, 14 de setembro de 2021

Notícias do dia #87


Calma, galera


A empolgação das últimas semanas com o lançamento de "Metallica Blacklist" gerou um burburinho sobre um disco de inéditas da banda. O baterista Lars Ulrich tratou de colocar um freio nas expectativas.

"É muito cedo para falar sobre um álbum ou qualquer coisa. Estamos ocupados. É emocionante apenas pensar nas possibilidades, agora que estamos rejuvenescidos e prontos para voltar [a compor]", disse ele em entrevista ao 'Trunk Nation With Eddie Trunk'.

Olha

O Record Store Day, evento com lançamentos inéditos em diversos formatos físicos, anunciou um dia especial na Black Friday.

São itens em vinil, CD e K7 em quantidades limitadíssimas.

Clique aqui para ver toda lista.

Estou no Twitter e no Instagram. Ouça o podcast, compre livros na Amazon e fortaleça o trabalho do blog!

Lá vem ele

John Lydon segue irritado com os ex-integrantes do Sex Pistols Steve Jones e o baterista Paul Cook. Em entrevista ao 'The Telegraph', ele alega ter perdido dinheiro ao não barrar o uso das músicas da banda na série "Lonely Boy: Tales from a Sex Pistol", de Danny Boyle.

"Esses caras queriam me destruir, mas isso não vai acontecer. Você pode roubar meu dinheiro, mas não pode roubar minha alma", falou.

"Isso virou o dinheiro de Walt Disney contra mim", disse Lydon, lembrando de que a FX, uma das produtoras da série "Lonely Boy: Tales from a Sex Pistol", é propriedade da Disney.

"Quem você acha que vai ganhar? O dinheiro fala e Johnny Rotten sai. Todo esse rolo compressor de confusão custou milhões de dólares. É um mundo estranho em que vivemos: o Sex Pistols se tornou propriedade da porra do Mickey Mouse", encerrou.

Força!

Mike Patton, em comunicado no Instagram, cancelou todos os shows do Faith No More e do Mr. Bungle. Ele cita razões de saúde mental para não manter as datas.

"Acreditamos que seguir com essas datas teria um efeito profundamente destrutivo em Mike, cujo valor para nós como irmão significa mais para nós do que seu trabalho como cantor", escreveu Faith No More na nota.

"Ele pode contar com nosso apoio para fazer o que precisa para acertar as coisas. Assim como também pedimos seu apoio [do público] agora", completou.

Curioso para ouvir

Junto com "The French Dispatch", novo filme de Wes Anderson, vem um álbum de covers de Jarvis Cocker.

Chamado "Chansons d’Ennui Tip Top", o trabalho trará canções gravadas por nomes famosos da música francesa, como Françoise Hardy, Serge Gainsbourg, Brigitte Bardot e Jacques Dutronc.

Os lançamentos de disco e longa estão agendados para 22 de outubro.

Esperado

"The Nowhere Inn", mocumentário com Carrie Brownstein, terá a trilha sonora composta por St. Vincent, também estrela do longa.

Clique aqui para assistir ao trailer.

Deu ruim

Previsto para estrear no TIFF (Toronto International Film Festival), o documentário sobre Alanis Morissette chamado "Jagged" não terá a cantora na plateia.

Em nota enviada para 'Pitchfork', a cantora revela insatisfação com o material.

"Decidi não comparecer a nenhum evento relacionado a este filme por dois motivos: um é que estou em turnê agora. O outra é que, não diferente de muitas 'histórias' e biografias não autorizadas, esta inclui implicações e fatos que simplesmente não são verdadeiros", diz ela, em um trecho do longo comunicado.

A HBO e as produtoras parceiras ainda não falaram sobre as alegações de Morissette. O documentário está previsto para estrear no serviço de streaming HBO Max no final do ano.

Clique aqui para ler a edição anterior.

Continue no blog: