Mais no blog:

quinta-feira, 24 de setembro de 2020

Resenha: Os Quatro Paralamas, de Roberto Berliner e Paschoal Samora


Filme está presente na programação da 25ª edição do festival É Tudo Verdade, que acontece entre os dias 23/9 e 4 de outubro

Os Paralamas do Sucesso é uma das bandas mais longevas do rock brasileiro. Em atividade desde o início dos anos 1980, ainda segue com a mesma formação do primeiro álbum de estúdio e continuam quase com a mesma intensidade juvenil para rodar o Brasil e o mundo para cantar canções clássicas de todas as épocas, algo raro na música nacional de maneira geral.

"Os Quatro Paralamas" é dos mais bonitos ao usar o alicerce da amizade para celebrar a parceria não só musical do trio que sobe ao palco, como para mostrar o papel do empresário José Fortes também um membro atuante na organização. O longa deixa claro que é a união desses quatro que mantém a banda viva e na estrada por tanto tempo.

Veja também:
Festival: In-Edit Brasil 2020


O documentário não fala abertamente, mas existe um quinto paralama fundamental não para compor ou organizar viagens. As imagens, de clipes ou de shows, feitas por Roberto Berliner ao longo de muitos anos são uma abertura importante na intimidade do grupo para celebrar essa união dos quatro em quase 40 anos. De clipes a entrevistas em qualquer lugar, é possível ver a evolução pessoal e musical de cada integrantes.

Como quase todo material do tipo, os momentos alegres e tristes se misturam, já que a vida é composta disso mesmo. O quarteto conversando sobre o acidente que vitimou a mulher de Herbert Vianna, Lucy, é desses momentos muito emocionantes. É difícil não chorar, assim como é difícil não querer bater palma quando imagens do primeiro show dele, um ano e meio depois, são mostradas.

Celebração de uma amizade maior do que muitos casamentos, "Os Quatro Paralamas" é um registro muito bonito de uma banda que tem muita história para contar e ainda consegue se manter relevante dentro de um cenário em que cada vez mais o passado importa mais do que o presente.




Continue no blog:


Siga o blog no Twitter e no Facebook e assine o canal no YouTube. Compre livros na Amazon e fortaleça o trabalho do blog!

Gostou do post? Compartilhe nas redes sociais e indique o blog aos amigos!