No YouTube

quarta-feira, 29 de abril de 2015

Já encheu o saco esse negócio do possível retorno do Oasis


Para quem não acompanha o blog desde o início, eu fui de detestar o Oasis por anos para um quase fã-boy da banda, principalmente dos dois primeiros discos e de suas excelentes apresentações ao vivo. Quando eles vieram ao Brasil pela última vez, acabei perdendo por conta desse ranço. Se arrependimento matasse...

Desde o encerramento das atividades, um retorno deles sempre foi cogitado – às vezes com mais força, às vezes, nem tanta assim. Não há problema algum falar sobre isso, mas o que tem de site/blogueiro alimentando esperanças dos fãs é enorme. A última sobre o assunto é que Liam e Noel Gallagher fizeram um acordo de cavalheiros para retornar com o grupo.

Não acho impossível que esse acordo exista, porque, imagino, a quantidade de dinheiro nas propostas para a volta do Oasis não deve ser nada baixa. Para quem alimenta sites visando o clique é ótimo, mas já encheu o saco ter notícias sobre isso a cada quatro, cinco, seis meses. Essa quantidade enorme de notas entrou em um ciclo vicioso: sai algo novo, os fãs comemoram nas redes sociais, Noel e/ou Liam negam e tudo esfria. Daí volta tudo desde o início, geralmente com um fato novo envolvendo altas quantias que fariam o Tio Patinhas morrer de inveja ou que os irmãos se acertaram.

Até eu mesmo já fiz um comentário em cima de uma declaração de Noel, mas, olhando hoje, é um assunto que não vale mais a pena falar nada enquanto não aparecer algo de concreto, além de soar pura repetição por parte de alguns sites e de um fiapo de esperança por parte dos fãs. Se o Oasis voltar ótimo, se não voltar, não tem problema. Eles já fizeram a parte deles na música.

Veja também:
Discos para história: (What's the Story) Morning Glory?, do Oasis (1995)
Discos para história: Definitely Maybe, do Oasis (1994)
Álbuns de estúdio: Oasis
SOM 5 - Volta, Oasis (?)
Assista show do Oasis em Manchester em 2005
Dez álbuns que completam 20 anos em 2015

Siga o blog no Twitter, Facebook, Instagram, no G+, no no Tumblr e no YouTube

Gostou do conteúdo? Compartilhe nas redes sociais!