Mais no blog:

terça-feira, 12 de janeiro de 2021

Duas resenhas: Steve Earle and The Dukes e Barry Gibb


Steve Earle and the Dukes - "J.T."

O 13º álbum de estúdio de Steve Earle é fruto de uma tragédia pessoal: em agosto de 2020, ele perdeu o filho, Justin Townes Earle (J.T.). Para homenageá-lo, o trabalho foi lançado em 4 de janeiro, data em que faria 39 anos. O disco traz canções compostas por J.T. ao longo da carreira e uma bonita homenagem do pai em "Last Words", a última faixa. Earle faz desse trabalho um monumento ao próprio filho, uma lembrança que ele carregará pelo resto da vida.

Avaliação: muito bom

Veja também:
Duas resenhas: Pa Salieu e Duma (2020)
Duas resenhas: Nadine Shah e Duval Timothy (2020)

Duas resenhas: UKAEA e Lyra Pramuk (2020)
Resenha: Paul McCartney - McCartney III
Duas resenhas: Urlaub in Polen e Mica Levi
Duas resenhas: M Ward e Guided By Voices

Gostou do post? Compartilhe nas redes sociais e indique o blog aos amigos!

Estou no Twitter e assine o canal no YouTube. Compre livros na Amazon e fortaleça o trabalho do blog!


Barry Gibb - "Greenfields: The Gibb Brothers' Songbook (Vol.1)"

O que esperar de um disco de releituras de músicas dos Bee Gees em que Barry Gibb, o único irmão ainda vivo do trio de sucesso mundial, convida artistas country para participar? O resultado é que "Greenfields: The Gibb Brothers' Songbook (Vol.1)" prova, definitivamente, que os Bee Gees foram subvalorizados como bons compositores ao longo de toda carreira. "Too Much Heaven", "Words" e "Run to Me" são alguns dos destaques de um trabalho surpreendentemente acima da média. Se você procura algo para ouvir e relaxar, talvez esse seja seu disco.

Avaliação: muito bom

Continue no blog: