sexta-feira, 28 de setembro de 2018

Cinco resenhas curtas de EPs

Uma nova seção no blog acaba de surgir


Oneohtrix Point Never – “The Station”

Projeto do músico e produtor Daniel Lopatin, o Oneohtrix Point Never costuma lançar diversos singles, EPs e discos cheios ao longo do ano. Um desses trabalhou foi “The Station”, 13º EP da carreira. Funcionando como uma peça única de pouco mais de 17 minutos, o EP funciona muito bem para quem gosta de música eletrônica experimental. Dá para destacar a faixa-título e "Trance 1", sendo a segunda uma doideira que só alguém que não é preso a nada poderia fazer.

Avaliação: muito bom


Underworld & Iggy Pop – “Teatime Dub Encounters”

O veterano grupo galês de música eletrônica Underworld e Iggy Pop se juntaram em “Teatime Dub Encounters”, um EP com pouco menos de 30 minutos de duração. "Bells & Circle" já vale por todas as três faixas lançadas, sendo uma das melhores músicas de 2018. "Bells & Circle" já vale por todas as três faixas lançadas, sendo uma das melhores músicas de 2018. E as outras? Funcionam bem, cada uma do seu jeito. É o tipo de EP que você vai mais pela curiosidade e acaba caindo em um registro dos mais legais.

Avaliação: muito bom


Monster Eats Manhattan – “Cages”

O nome Monster Eats Manhattan é ótimo para um grupo de rock, então acabei sendo seduzido por isso. Mas, ao ouvir o EP “Cages”, essa banda me parece uma tentativa fracassada de ser um 30 Seconds to Mars com a guitarra mais alta. São pouco mais de 17 minutos de puro desperdício de tempo para uma banda que soa mais uma boy band fabricada do que algo com consistência.

Avaliação: ruim



The Charlatans – “Totally Eclipsing”

A veterana banda britânica optou pelo lançamento de um EP no primeiro semestre deste ano. E funcionou muito bem, já que “Totally Eclipsing” traz faixas que vão encantar a todos os fãs do britpop. É encantador como uma banda consegue fazer músicas agradáveis sem fazer o menor esforço em um trabalho curto e simples

Avaliação: muito bom


Kids See Ghosts – Kids See Ghosts

Formado pelos rappers Kanye West e Kid Cudi, o Kids See Ghosts apresentou um dos melhores EPs de 2018. É o tipo de trabalho que funciona bem exatamente por ter sido planejado para ser curto. Com apenas sete faixas espalhadas em 23 minutos, West e Cudi mostram-se em ótima fase, e os convidados ajudam muito a colocar a força do disco ainda mais para cima.

Avaliação: ótimo

Siga o blog no Twitter Twitter e no Facebook e assine o canal no YouTube. Compre livros na Amazon e fortaleça o trabalho do blog!

Saiba como ajudar o blog a continuar existindo

Gostou do post? Compartilhe nas redes sociais e indique o blog aos amigos!

Continue no blog: