Mais do blog:

quarta-feira, 26 de fevereiro de 2014

Resenha: Katy B – Little Red


Katy B é dessa nova geração exaltada por esses novos consumidores do século 21. E ela conseguiu encontrar uma base de fãs ao fazer esse tipo de música para dançar, esse eletrônico que não exige muito empenho por parte dela para fazer, nem do ouvinte que deseja apenas tomar alguma coisa na balada.

O álbum começa com a horrível "Next Thing", uma balada barata que remete aos anos 1990 – Carolina Marquez cantando “The Killer Song”, por exemplo. Em “5AM” a coisa até fica melhorzinha, mas não muito. É a típica faixa que fará sucesso nas pistas em breve, se já não estiver fazendo.

A sonolenta "Aaliyah" mantém o nível do disco muito abaixo de qualquer expectativa, dando uma imensa vontade de pulá-la. O ar pop de "Crying for No Reason" traz certo alívio, e isso mostra que Katy B é um talento desperdiçado ao optar pelo caminho mais fácil. Mais músicas assim e ela teria um belo futuro, mesmo com a parte final sendo irritante.

Muito pior do que qualquer outra que tenha vindo antes, "I Like You" é indefensável. Outra boa faixa é "All My Lovin'", que, de novo, consegue concentrar o que há de melhor na vocalista: a voz. Até mesmo a melodia é boa de ouvir, soando como um R&B eletrônico. É mais um ponto positivo em um mar de mediocridade, assim como "Tumbling Down". Mas tudo desmorona na péssima "Everything", mais uma balada descartável. "Play" se mostra uma faixa apenas razoável que mistura muito os recursos, fazendo uma bagunça sonora. As razoáveis "Sapphire Blue", "Emotions" e “Still” encerram o disco com um pouco de dignidade – mais do que ele merece.

No geral, Little Red é um desastre sonoro. Salvo duas faixas e mais umas três que são razoáveis, o resto não passa de tortura chinesa moderna. Certamente é um dos piores álbuns que tive o desprazer de ouvir neste início de ano. Ele lembra muito As Sete Melhores da Jovem Pan de 2003. Só faltou tocar Bob Sinclair.

Tracklist:

1 - "Next Thing"
2 - "5 AM"
3 - "Aaliyah" ft. Jessie Ware
4 - "Crying for No Reason"
5 - "I Like You"
6 - "All My Lovin’"
7 - "Tumbling Down"
8 - "Everything"
9 - "Play" ft. Sampha
10 - "Sapphire Blue"
11 - "Emotions"
12 - "Still
"

Nota: 1,5/5



Veja também:
Resenha: Broken Bells – After the Disco
4 em 1: Tinsley Ellis, Iron Mind, Lake Street Dive e Tinariwen
Resenha: Young The Giant – Mind Over Matter
Resenha: Bombay Bicycle Club – So Long, See You Tomorrow
4 em 1: Ed Harcourt, September Girls, Cheatahs e Leiva
Resenha: Sophie Ellis-Bextor – Wanderlust