Mais do blog:

quarta-feira, 23 de outubro de 2013

Resenha: Tedeschi Trucks Band - Made Up Mind


O ano passado foi ótimo para a Tedeschi Trucks Band, que levou o Grammy de Melhor Álbum de Blues com Revelator, de 2011. Formada pelo casal Derek Trucks e Susan Tedeschi com mais nove pessoas, o grupo é a personificação da atual fase do blues – misturando um pouco de tudo.

Uma boa oportunidade para vê-los foi no SWU de 2011, quando vieram ao Brasil e fizeram um show muito interessante. Dois anos depois de seu primeiro lançamento, a banda entrou em estúdio novamente durante boa parte deste ano para fazer Made Up Mind.

Canção título do novo disco, “Made Up Mind” é um blues delicioso para abrir um trabalho. Dançante ao extremo, ela empolga pela simplicidade dos versos e pela categoria em cada instrumento foi inserido dentro da faixa, dando o equilíbrio necessário. A voz de Susan é um belo cartão de visitas e casa muito bem com os solos de Derek na guitarra.

Partindo para um lado mais gospel, "Do I Look Worried" é serena, mas a potente voz da Sra. Tedeschi cresce no refrão – até mesmo os floreios dão o complemento ideal. A de se destacar a qualidade da banda, assustadoramente boa. Com um quê de folk, “Idle Wind” não tem a mesma presença da guitarra, que só aparece no final, compensada por uma percussão, uma boa presença dos metais e uma flauta que traz calma à canção.

Já “Misunderstood” parte mais para o soul, algo que só mostra a versatilidade da banda em trafegar em diferentes estilos, enquanto “Part of Me” é um blues rock da melhor qualidade. Pela primeira vez, temos um dueto nos vocais que beira o pop – o refrão simples, a levada, tudo está favorável. Uma das grandes músicas do ano.

A força do grupo está inegavelmente na guitarra, que aparece o suficiente em “Whiskey Legs”, em que o eterno dilema amoroso é a pauta, mas o assunto é tratado de maneira muito doce. Voltando ao gospel, a lenta “It's So Heavy” é de chorar. Tem toda uma tristeza envolvida, desde os instrumentos até a voz – impossível não fazer uma reflexão sobre algumas coisas. A partir destas duas, vemos uma virada no trabalho, claramente dividido entre poderosas e mais lentas.

Em “All That Need” temos o belo verso From the brother which we passed/ I can see it clear as glass/ There is eternity/ In the things we cannot see/ Fort the answer lies/ Within a simple grain of sand em outra faixa mais lenta, mas igualmente boa. A tranquila "Sweet And Low" mostra uma guitarra chorando com vontade em mais uma de amor.

“The Storm” traz uma jam de quase quatro minutos muito boa entre os integrantes, momento em que eles poderiam ter até encerrado o disco, pois já estariam consagrados. Encerrando o álbum, o folk esperançoso “Calling Out to You” mostra que todo e qualquer esforço por alguém que você ama sempre vale a pena.

Inevitavelmente, a maioria das canções blues é de amor e, talvez, ninguém falou tão bem dele – seja de perdas ou ganhos – quanto os cantores deste estilo musical. Por isso, é inevitável não identificar-se com as faixas de Made Up Mind. A voz, os instrumentos, tudo funciona durante os pouco mais de 50 minutos de audição, mostrando que o estilo não ficou no passado como alguns pregam, mas, sim, que passa uma por reinvenção neste novo século. E isso ganha ainda mais força com o trabalho brilhante da Tedeschi Trucks Band.

Tracklist:

1 - "Made Up Mind"
2 - "Do I Look Worried"
3 - "Idle Wind"
4 - "Misunderstood"
5 - "Part of Me
6 - "Whiskey Legs"
7 - "It's So Heavy"
8 - "All That I Need"
9 - "Sweet and Low"
10 - "The Storm"
11 - "Calling Out to You"