No YouTube

quarta-feira, 30 de março de 2016

Dez discos que completam 15 anos em 2016


Nova lista traz discos lançados em 2001

Não tem como não falar de 2001 sem lembrar dos atentados no dia 11 de setembro, um dia histórico por um motivo muito triste. Na música, foi um ano em que uma grande revelação (The Strokes) fazia história, enquanto um veterano (Bob Dylan) conseguia se reconsolidar no cenário musical.


Is This It, do Strokes

O primeiro disco dos Strokes completa 15 anos neste ano. O single "Last Nite" dominou as rádios naquele ano e virou uma das grandes músicas do novo século. E a banda virou referência de uma nova geração.


Vespertine, da Björk

Intimista e praticamente caseiro, o quarto álbum de estúdio de Björk era uma prévia do que estava por vir nos anos seguintes.


White Blood Cells, do White Stripes

Esse trabalho consolidou o White Stripes no cenário musical e tirou o duo formado por Meg e Jack White da rota alternativa. O mainstream bateu na porta, entrou e sentou no sofá da sala.


Toxicity, do System Of A Down

Rick Ruben conseguiu tirar o melhor da banda armena-americana ao explorar o peso dos instrumentos e a vitalidade do vocalista Serj Tankian.


Gorillaz, do Gorillaz

A estreia do Gorillaz foi um estouro. Para quem era adolescente, como no meu caso, foi empolgante ver uma banda em desenho - só descobriria anos depois que era um projeto de Damon Albarn e Jamie Hewlett. O disco já vale por "Clint Eastwood".


Love And Theft, de Bob Dylan

Vivendo ótima fase, Bob Dylan atingiu seu segundo auge em seu 31º disco de estúdio. Lançado em 11 de setembro de 2001, acabou virando uma espécie conforto às vitimas dos atentados e aos Estados Unidos como um todo.


Weezer (The Green Album), do Weezer

Primeiro disco depois de Pinkerton (1996), o Álbum Verde lembrou de como o Weezer era bom em fazer canções grudentas e recheadas de boas melodias.


Discovery, do Daft Punk

O trabalho conceitual trouxe o single "Harder, Better, Faster, Stronger", além de consolidar o Daft Punk como um das boas referências da música eletrônica nascida no início dos anos 1990.


100% Charlie Brown Jr. - Abalando a sua Fábrica, do Charlie Brown Jr.

Quem foi adolescente em 2001 cansou de ouvir "Hoje eu Acordei Feliz" e "Lugar Ao Sol" nas rádios e na TV (alô, Malhação). O disco se deu muito bem por conta dessas duas baladas.


Bloco do Eu Sozinho, do Los Hermanos

Fugindo do hit "Ana Júlia", que havia consagrado o grupo dois anos antes, o Los Hermanos partiu para um novo conceito no segundo disco. Bloco do Eu Sozinho é um ótimo disco e é o embrião de Ventura (2003), momento em que eles se consolidaram no cenário nacional e ganharam centenas de milhares de fãs.

Veja também:
Dez discos que completam dez anos em 2016
Dez discos que completam cinco anos em 2016


Gostou do conteúdo? Compartilhe nas redes sociais! Isso ajuda pra caramba o blog a crescer e ter a chance de produzir mais coisas bacanas.