No YouTube

segunda-feira, 8 de janeiro de 2018

De Belchior a Malcolm Young: quem nos deixou em 2017

Muita gente boa e que fez história na música morreu no último ano

Se 2017 pode ter sido ótimo em vários aspectos, foi bem ruim em outros por ter sido um ano em que alguns dos grandes ídolos da música morreram. Chuck Berry, Malcolm Young, entre muitos outros nos deixaram ao longo do último ano.


Wilson da Neves

Um dos maiores bateristas brasileiros de todos os tempos morreu no segundo semestre de 2017, aos 81 anos.


Kid Vinil

Jornalista, DJ, apresentador e pesquisador musical, Kid Vinil foi um dos pioneiros na rádio brasileira a tocar bandas de fora.


Jerry Adriani

Cantor ficou dias internado no hospital e morreu em consequência de um câncer. Foi um dos ídolos no período em que a Jovem Guarda dominava as paradas.


Belchior

Sumido, o cantor entrou no imaginário popular. Morreu dormindo, no Rio Grande do Sul, e recebeu várias homenagens ao longo da semana de sua partida.


Luiz Melodia

Cantor de "Pérola Negra" sofreu muito nos últimos dias de vida e acabou não resistindo. Morreu aos 66 anos.


Grant Hart 

Cofundador e baterista do Hüsker Dü estava com câncer e morreu com apenas 56 anos.


Jaki Liebezeit 

Cofundador da icônica banda alemã Can, o ex-baterista morreu em consequência de uma pneumonia.


Chuck Berry

Perto do lançamento do primeiro disco de inéditas em mais de 40 anos, Chuck Berry não resistiu e acabou não vendo o trabalho pronto em vida.


Tom Petty

Um dos grandes nomes da música nos Estados Unidos, Tom Petty sofreu um ataque cardíaco em casa e não resistiu.



Charles Bradley

Lutando contra um câncer há anos, o cantor chegou a cancelar a apresentação que faria no Rock in Rio. Morreu poucos dias depois.


Holger Czukay 

Cofundador do Can, pioneiro no sampler e um dos grandes nomes na cena do chamado krautrock nos anos 1970.


Malcolm Young

Fundador do AC/DC e irmão de Angus Young, o guitarrista estava afastado da banda há três anos por consequência de uma avançada demência.


Fats Domino

Pioneiro do rock e primeiro a invadir a parada pop, Fats Domino foi o símbolo de uma época.


Chester Bennington

O vocalista do Linkin Park foi encontrado morto em casa. Ele tinha apenas 41 anos.


Gregg Allman

Fundador da Allman Brothers Band ao lado do irmão Duane Allman (1946-1971), Gregg vinha passando por problemas no fígado.


Chris Cornell

Um dos símbolos do grunge, subgênero que dominou as paradas nos anos 1990, o vocalista do Soundgarden foi encontrado morto em um hotel logo após uma apresentação.

Siga o blog no Twitter e no Facebook. E compre livros na Amazon e fortaleça o trabalho do blog!

Saiba como ajudar o blog a continuar existindo

Gostou do post? Compartilhe nas redes sociais e indique o blog aos amigos!