No YouTube

segunda-feira, 16 de janeiro de 2017

Além de cantor, Frank Sinatra foi ator – e ganhou um Oscar

Sinatra ganhou todos os prêmios possíveis na carreira (Foto: © 1953 Columbia Pictures)

Atuação em A Um Passo da Eternidade rendeu o prêmio

Entre o início dos anos 1940 até o fim dos anos 1970, Frank Sinatra (1915-1998) viu o declínio e o segundo auge em sua carreira musical, virando a lenda que é exaltada mundialmente até hoje. Mas ele também se consagrou na Era de Ouro do cinema nos Estados Unidos, quando estrelou mais de 60 produções em Hollywood.

Em 1954, período em que começava a ressurgir na música, ele concorreu e ganhou o Oscar de Ator Coadjuvante pelo papel de Angelo Maggio no longa A Um Passo da Eternidade (1953). Sinatra faz o tipo italiano dos anos 1940: encrenqueiro e beberrão, mas um bom homem e leal a seu amigo Robert E. Lee Prewitt (Montgomery Clift), soldado recém-chegado ao quartel.

Veja também:
Discos para história: In the Wee Small Hours, de Frank Sinatra (1955)
Parada da Billboard, 75


O respeitado crítico de cinema Roger Ebert fez um resumo bem preciso da carreira de Sinatra no cinema ao longo de mais de 30 anos.

"Ele não será lembrado como uma das maiores estrelas de cinema do seu tempo, talvez porque ele simplesmente nunca se importou o suficiente para torná-lo sua prioridade. O que é notável é que ele fez mais de 60 filmes, esteve muitas vezes no topo das bilheterias, ganhou dois Oscars (um honorário), foi indicado para outro e teve papéis importantes em cinco décadas - embora, durante a maior parte desse tempo atuando, (o cinema) era uma carreira paralela para Sinatra", contou.

Outros bons filmes com Sinatra:

Um Dia em Nova York (1949)
Os marinheiros Gabey (Gene Kelly), Chip (Frank Sinatra) e Ozzie (Jules Munshin) têm um dia de folga em Nova York e, cada qual com sua prioridade, desejam aproveitar esse dia como se fosse o último.

Onze Homens e um Segredo (1960)
Em Las Vegas, onze dos maiores bandidos dos Estados Unidos se unem para o maior assalto de suas vidas. Sinatra é Danny Ocean, líder do épico roubo.

Sob o Domínio do Mal (1962)
Um ex-prisioneiro de guerra é envolvido em uma conspiração comunista para matar políticos americanos. O Major Bennett Marco (Frank Sinatra), desconfiado, começa a investigar o ex-comandado para tentar desbaratar o plano.



Gostou do post? Compartilhe nas redes sociais e indique o blog aos amigos!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...