No YouTube

quarta-feira, 30 de novembro de 2016

Documentário: George Harrison – The Quiet One, de Ray Santilli (2002)


Longa pouco acrescenta ao vasto material sobre vida e obra do cantor

Pouco menos depois da morte de George Harrison (1943 – 2001), saiu o documentário para TV chamado George Harrison – The Quiet One. Com muitas imagens de arquivo e apenas três entrevistados, é difícil não achar que não passa de um verbete da Wikipédia gravado e colocado à pressas para tentar lucrar com a comoção do público. A impressão fica ainda maior depois de assistir ao longa George Harrison  – Living in the Material World (2011), escrito e dirigido por Martin Scorsese.

As entrevistas com George Martin (1926 – 2016), Tony Calder (ex-agente) e Rod Othen (amigo de escola) acrescentam muito pouco ao que já se sabe sobre alguns dos diversos pontos da vida de Harrison – seja nos Beatles, seja na carreira solo, seja como filantropo, seja como aluno de Ravi Shankar ou membro do movimento Hare Krishna. Há um ou outro causo um pouco mais interessante, mas nada que chame muita atenção.

É muito difícil traçar a vida de um homem que esteve na maior banda de rock de todos os tempos. Se Scorsese teve mais de três horas e ainda ficou faltando coisa, calcule com pouco menos de uma. Em certos pontos, vira pura conversa de tabloide britânico ao falar da vida pessoal de Harrison, incluindo suas duas mulheres mais famosas – Pattie Boyd e Olivia Harrison, mulher até o fim de sua vida.

A parte final do documentário serve para lembrar dos últimos momentos de George em vida. Entre o fim dos anos 1990 e início dos anos 2000, ele e os membros restantes dos Beatles estiveram envolvidos em diversas disputas judiciais por direitos autorais. Foi justamente nesse período que ele descobriu que tinha câncer no pulmão e foi atacado por Michael Abram, levando várias facadas e comprometendo todo tratamento.

No fim das contas, é o típico documentário que só o fã mais fanático fará questão de ter em casa. Também é interessante para quem não conhece a história de George Harrison e como ele saiu do beatle tímido para ser o espiritual e o mais seguro de suas escolhas após o fim dos Beatles. No mais, é muito melhor é mais educativo assistir ao feito por Scorsese.

Longa está disponível no Canal Bis Play. Clique aqui, faça o login e assista.



Gostou do post? Compartilhe nas redes sociais e indique o blog aos amigos!




Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...