No YouTube

sexta-feira, 4 de dezembro de 2015

Duas vezes Stone Temple Pilots


Quando se começa a gostar de uma banda, a primeira vontade é comprar um disco – seja o mais recente, seja o de maior sucesso. No meu caso, quando comecei a gostar de fato do Stone Temple Pilots, lá por 2001, a banda estava em vias de entrar no hiato que durou quase uma década. Por isso mesmo, a esperança de vê-los era completamente nula.

O tempo passou.

E não é que eles voltaram? Não só voltaram, como lançaram um disco novo (que ouvi várias vezes ao longo daquele 2010) e entraram em turnê? E vieram para o Brasil no finado Via Funchal. Fui com um amigo e nos separamos na hora da apresentação – vacilei feio e só consegui comprar ingresso para pista normal, não a Premium. Depois, fiquei sabendo que outros amigos também foram nesse mesmo show. Foi um show para encerrar bem um ano após um anterior muito difícil, ruim e cansativo.

Setlist do show de 2010
O tempo passou novamente.

Não uma década, mas dez meses. Fui retirar meu ingresso para a segunda edição do festival SWU na sede da Rádio Bandeirantes. Resumindo a história: respondi certo uma dessas perguntas promocionais e ganhei um par de ingressos. Dei um deles para hoje minha atual namorada e fiquei com outro. Daí fui para Paulínia, interior de São Paulo, para mais um festival. Não só um festival, diga-se, mas uma celebração dos anos 1990 com Sonic Youth, Alice in Chains, Stone Temple Pilots e Faith no More. Foi um sufoco danado para voltar, fiquei acordado mais de 24 horas e quase perdi meu emprego. Valeu a pena? Claro que sim.

Em menos de um ano, vi o Stone Temple Pilots duas vezes, algo inimaginável para qualquer fã. Receber a notícia da morte de Scott Weiland fez reavivar essas lembranças. Hoje, se não tivesse ido em nenhum ou em apenas um, estaria remoendo essa (s) oportunidade (s) perdida (s). Como tive o privilégio de vê-los duas vezes, fico feliz de ter aproveitado ao máximo cada momento dele com o megafone e cada momento dele no palco.

Essas duas coisas ninguém vai me tirar.

Setlist do show de 2011



Veja também:
Discos para história: Core, do Stone Temple Pilots (1992)
RIP Scott Weiland (1967 - 2015)
Para homenagear Scott Weiland: MTV Unplugged do Stone Temple Pilots

Gostou do conteúdo? Compartilhe nas redes sociais! Isso ajuda pra caramba o blog a crescer e ter a chance de produzir mais coisas bacanas.


Meu sonho é que o Music on the Run, que começou como hobby, vire uma coisa mais legal e bacana no futuro, com muito conteúdo em texto, podcast e mais coisas, porque eu acredito que dá para fazer mais e melhor com o apoio de quem lê o blog. Apoie:
Você não quer se comprometer em uma assinatura? Não tem problema, pode doar qualquer valor em reais via PagSeguro: