No YouTube

sexta-feira, 24 de julho de 2015

Byrds chegavam ao topo da parada inglesa com Mr. Tambourine Man há 50 anos

David Crosby, Gene Clark, Michael Clarke, Chris Hillman e Jim McGuinn formaram os Byrds (Foto: Wikipedia)

"Mr. Tambourine Man" foi um marco no chamado folk rock e nas carreiras de Bob Dylan e Byrds. Alguns dias antes, a faixa havia chegado ao primeiro lugar das paradas americanas, dando ao jovem compositor um marco em sua então curta carreira: ter uma canção no topo nos Estados Unidos e na Inglaterra. Isso chamaria a atenção de vez de ambos os mercados para Dylan, que viria a ter uma ascensão incrível.

Dylan vinha cedendo canções a outros artistas. E não foi diferente com "Mr. Tambourine Man", que parou nas mãos dos Byrds ainda em 1964, através do empresário da banda Jim Dickson. Eles relutaram um pouco em trabalhar nela, mas foram convencidos e iniciaram os trabalhos. A ideia era dar um ar mais pop, meio que dar um tom de Beatles – uma levada mais simples e um vocal suave, por exemplo.



Gravada em janeiro de 1965 no Columbia Studios, os Byrds mostraram que haviam conseguido dar a sua cara a música de outro compositor. E ao gravá-la, a banda acabou se encontrando musicalmente, pois ainda havia certa dificuldade em encontrar um tipo de sonoridade que os diferenciasse de outros grupos melódicos parecidos. Graças a essa busca, eles acabaram sendo pioneiros no folk rock. Não que o ritmo não existisse antes, mas eles foram os primeiros a ganhar destaque.

Muito do sucesso se deve ao fato do tempo de duração da canção, metade da original, perfeita para ser executada nas rádios exaustivamente sem tomar muito tempo da programação. A partir dessa gravação, a influência deles aumentou consideravelmente e várias bandas do mesmo estilo surgiram para aproveitar o embalo do sucesso de "Mr. Tambourine Man". A fusão entre folk e rock não seria mais a mesma a partir desse lançamento.