No YouTube

segunda-feira, 20 de outubro de 2014

Seriado: Foo Fighters - Sonic Highways (S01E01)


Antes um recado: não serei hipócrita e claro que vi o primeiro episódio da série através do famoso Cine Torrent. Se você quiser esperar a exibição em canais brasileiros, não há problema. Eu sou ansioso para essas coisas.

Pelo que se falava da série que leva o nome do novo disco do Foo Fighters, logo imaginei que seria uma espécie de ode ao grupo e de como eles são incríveis para gravar o novo disco. Mas me enganei redondamente logo nos primeiros segundos do primeiro episódio. Outra coisa que imaginei e estava completamente equivocada: como assim gravar canções em cidades diferentes? Não tem como dar certo.

Falando do primeiro item, a ida da banda à Chicago, local do primeiro episódio, é apenas um pano de fundo para contar a história musical da cidade. De Howlin Wolf a Steve Albini, passando por toda cena blues, pop, punk e rock da cidade. Narrado por Dave Grohl - e aqui um elogio: ele manja muito de música –, o documentário entrevista gente do calibre como Buddy Guy, Rick Nielsen e nomes da cena punk dos anos 1970, de conhecidos a desconhecidos. Claro, como em Sound City, há espaço para uma história pessoal de Grohl envolvendo a cidade.

As cenas musicais de Chicago mostram muito como a cidade passou por transformações culturais sem perder a sua essência. Todos os citados foram fundamentais para construir uma boa imagem quando o assunto é música. Três pessoas em especial são citadas com um pouco mais de profundidade. A primeira é Nielsen e sua banda, o Cheap Trick, favoritos de Grohl, do baterista Taylor Hawkins e do guitarrista Chris Shiflett. Aliás, Hawkins deu uma declaração interessante: “Não ligo para o blues, meu negócio é o Cheap Trick”. Já Shiflett relembrou que seu primeiro show com o Foo Fighters cada um deveria ir fantasiado. E ele foi de Rick Nielsen.

Uma prima de Dave Grohl teve uma banda punk aos 14 anos, e isso mostra como o futuro baterista já era envolvido com música desde cedo ao vê-la participar ativamente da cena musical da cidade. Por fim, o documentário conta a história do produtor Steve Albini, nome fundamental para entender os anos 1990. Uma bela homenagem ao produtor do último disco do Nirvana.

Pelo primeiro episódio é visível que o Foo Fighters deseja mostrar suas influências musicais e pessoais. Para quem gosta de música, essa série, com capítulos de quase uma hora, será fundamental para entender um pouco da rica música americana.

Vale muito a pena assistir.

Abaixo, o primeiro single do disco, gravado em Chicago. A produção é de Butch Vig.






Siga o blog no Twitter, Facebook, Instagram, no G+ e no YouTube

Gostou do conteúdo? Compartilhe nas redes sociais!